Pesquisar neste blog

O que me falta para adocicar minha alma?

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017



É preciso algo para adocicar a alma quando o amargor está em toda parte. Algo para que o cheiro das rosas, das folhas, dos oceanos, das pessoas com quem convivemos não sejam superados pelo miasma de mortes contínuas: a morte do eu de tantos seres humanos, do mundo, a morte do que é sincero, verdadeiro, puro e justo. 
Miasma da morte de quem ainda teria chance de mudar para melhor, de se refazer, se reerguer, se recuperar, se encontrar, achar um significado, abraçar a verdade.
Algo para apaziguar os raios, trovões, tufões, tempestades nos céus e nos mares, no mais fundo do coração, na região mais interior da cabeça.
Adocicar o pensamento para que ele se encaminhe para o bem, ainda que não veja com clareza límpida, cristalina, não importa se essa é a real intenção.
Preciso de algo para me adocicar, para tirar o travo, o fel de memórias que insistem ferozmente em pulverizar lixeiras e caixões do aço mais forte que minhas forças puderam criar.
Preciso entender de tinta em tinta o que os poetas escreveram com seus corações confusos, pulsando sentimentos e emoções inexprimíveis; entender o que a Bíblia traz de absoluto, o que o próprio Deus morrendo em nosso lugar quis comunicar aos corações.
Preciso mergulhar em múltiplas telas e extrair as melhores cores e os melhores significados.
O açúcar, o doce, o apetitoso, o bom perfume então estaria no mundo ou dentro de mim? Novamente, minha alma só diz: Jesus.

(Jackson Angelo, em 26/12/2014)

Quando alguém me conta seus sofrimentos e dores

Montagem e mensagem: Jackson Angelo 

Neste ano, ouvi muitas pessoas falando de si mesmas e dos seus sofrimentos, decepções, desilusões, frustrações e perdas. Foi tudo muito espontâneo e sincero da parte delas. Nem entendo porque justo a mim se abriram de tal forma. Agradeço a elas por fazer com que eu me sentisse útil, pelo menos para ouvir com sinceridade. Não é fácil desejar, precisar falar de si mesmo em coisas que perturbam o seu interior porque há muita gente que não merece mesmo confiança e a vida mostra que há exércitos de pessoas hipócritas. Eu mesmo acho que a hipocrisia é o que mais existe nesse mundo, um mal tantas vezes necessário para manter o equilíbrio das coisas. Não aprecio hipocrisia, me sinto mal, me sufoca, me afasta de tudo o que acredito ser bom.
Pessoas que me mostraram que seus sofrimentos são igualmente ou até mais dolorosos, que suas dores serão reais por séculos, que muitas de suas perdas não têm reparo, mas que igualmente essas dores e perdas não conseguiram destruí-las nem tirar delas a esperança, ainda que cega, ainda que sem razão. Que mesmo em meio ao mais absoluto caos alguma força dentro de si mesmas e até mesmo a força inevitável de Deus fez com que elas caminhassem para frente e pudessem ver o brilho do sol após a intensa, escuríssima e demorada tempestade.
É muito difícil passar pelas tempestades da vida, por situações pra lá de indesejáveis, que machucam profundamente a alma. Sei, quase todos dirão: "confie em Deus, Ele tem solução para tudo". Eu acredito. Ocorre que é natural precisar de calor humano, de pessoas perto de nós, iguais a nós, que nos façam entender como humanos estes sentimentos que nos incomodam. Jesus, em um momento der dor inexprimível suplicou: "pai, pai, por que me desamparaste?". O abandono, o desamparo, o sentir-se completamente só não é bom, causa desespero, principalmente se sentimos isso com as pessoas que mais prezamos e amamos.
É uma responsabilidade enorme ouvir com sinceridade e honrar a confiança de outra pessoa. Nessa missão inesperada, ter o que falar, ajudar com palavras é ainda mais desconcertante, especialmente quando olho pra minha falibilidade, pros meus erros, pros meus próprios desencantos. Novamente, ainda que não nomeie, a única reposta que tenho como certa é: Jesus!

(Jackson Angelo, em 28/12/2014)

Mereço ouvir isso?


Mereço isso? Olhar na face de quem respeitamos e dizer: mereço ouvir isso? Palavras bruscas, que ferem, com balanças egoístas quando você nunca foi egoísta?
Mereço que meu nome seja escrito, falado, interpretado dessa forma, , com tais palavras seja em comentários seja em registros escritos?
Olhar na face de quem amamos: mereço esse julgamento? Tem total certeza, clara certeza da forma como você está julgando? Das palavras usadas para me trazer o que está no seu coração?
Porque se disserem que mereço, sabendo eu que não e de modo algum, então sou apenas um objeto, não um ser com sentimentos, com valores, com visão, com capacidade ainda que menor que a sua de entender as coisas. A cabeça não é apenas um enfeite do pescoço e de bonito tenho muito pouco cada dia mais.
O que fazer? Que mundo é esse!?!?
Mas é assim.O mundo tem os seus ridículos, tem as suas injustiças do dia a dia, tem a quebra de toda sensibilidade, de todo respeito.
Não se falta apenas o respeito com o que está escrito na lei, mas com esse descontrole leviano de palavras, de juízos.
E se eu quiser fazer esse a quem julga de modo tão mesquinho, restritivo, conveniente pra si mesmo e equivocado entender a verdade por completo? Simplesmente dirá: eu mereço ouvir isso? Merece "visse, bichin", mas tem muita coisa que não merece qualquer tipo de resposta.

(Jackson Angelo, em 27/12/2014, num dia perturbado)

Quem conhece o que é verdadeiro não se ilude com o falso


 EU TENHO POR CERTO que quem vive, vivencia, conhece um amor verdadeiro não se ilude com aparências e simulações de simpatia, bem-querer, sorrisos abertos, de palavras sedutoras ou presentes.

EU TENHO POR EXATO que não adianta simular que ama o outro ou lhe quer bem, se este conhece um amor verdadeiro, porque sabe o que é respeito, amizade, tolerância; sabe e sente a verdade no olhar, nos mínimos gestos, até no silêncio e na respiração do outro.

Até na simples presença e no simples abraço se sente. Até quando na ausência, silêncio e distância. Então aquele que finge, simula, força, forja só estará se iludindo, perdendo tempo.

Jackson Angelo, janeiro de 2014

Veja o dia como um dia a mais e não a menos

Prefiro ver o dia como um dia a mais e não como um dia a menos. (JAP, 31/01/2014)


 
 Créditos da imagem de origem:  freevector.com e distribuído sob uma licença do tipo Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.
Montagem: Jackson Angelo

Cada dia que passa é menos um dia para esperar algo. Tem momentos que naturalmente chegam e alguns dão medo. Outros aguardamos ansiosamente, é como se fosse aquele dia em que o sol finalmente chegou com toda sua grandeza, calor e luminosidade. 
Cada dia que temos passado ao lado de quem amamos também passa. Cada dia é menos um dia ao lado desse ser tão especial que dá sentido e vivifica a alegria de nossa vida. 
Por isso, toda intensidade! É como quando os cachorrinhos quase desmaiam de alegria ao ver seu companheiro/dono amado após dias sem vê-los, é essa intensidade. 
Cada dia que passa é menos um dia na jornada na vida, mas é mais um dia pra se aproveitar, pra lutar, pra ter esperança, pra crer, pra amar, pra se ajustar, pra se refazer, pra tentar mudar, pra ver o sol, pra romper com o quotidiano se assim quisermos. 
Quando caminhamos e não sabemos onde chegaremos é uma coisa, mas quando caminhamos e sabemos onde chegaremos e este onde é maravilhoso, é bom saber que é menos um dia, é bom ver que as pernas podem recobrar suas forças e continuar. 
Cada dia é menos um dia. Cada dia que passa a morte se aproxima de cada um de nós, mas viver e crer é maior que essa verdade inevitável.
(Jackson Angelo, em 31/01/2014 )

Os abutres comem sem dó carne podre

Créditos da imagem: arquivo criado por freevector.com e distribuído sob uma licença do tipo Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.

Digo pra você
Não diga nada a ninguém
Os abutres comem sem dó carne podre
Até o que é mais puro fica podre
Lua linda, noite linda e milhares de leões insaciavelmente famintos
Mas eles não comem, apenas estraçalham
O Sol fica em completa escuridão
A água se converte em sangue
Toda sede é desespero
Digo pra você
Fique mudo, cego, surdo, sem paladar, seja nada
O nada existe e é tudo o que mais procuram
E nunca encontram porque nada é
NADA
!


(Jackson Angelo, em janeiro de 2014) 

Desemprego e tripla função diabólica dos corruptos: roubar, matar e destruir


 Minha mãe chorando ao saber dos quase doze milhões de desempregados. Ela falou que muitos deles são pessoas honestas, que querem trabalhar dignamente e ter o seu salário no fim do mês, não querem esmolas ou favores, não querem roubar, matar, nem vender o que tem ou conquistaram, querem manter o sustento seu e de suas famílias,seus filhos etc.; querem pagar suas contas, quitar o aluguel ou prestação do imóvel, querem ter paz ao acordar e saber que é mais um dia de luta, de trabalho.
Para mim isto é um fundamento da mais pura e digna política: se preocupar com o bem comum, com as pessoas de verdade, não por amor ao nome, por orgulhos, egos, dinheiro, amor ao poder e ao enriquecimento licito, não para ser celebridade.
Infelizmente, um segundo fundamento que é o da participação ativa, porque a passiva nada resolve, é o mais difícil e muitos não aceitam ao saber que há pessoas que são contra a ordem imposta, não por um partido, mas pelo próprio sistema político instalado na mentalidade e forma de agir dos que estão à frente do poder. Isso de modo geral. Nenhum deles pode ter o direito de se divinizar, de se colocar acima do bem e do mal, estão ali a nosso serviço, são autoridades que deveriam nos tratar como uma autoridade maior, como filhos e irmãos, como seres humanos que têm expectativas, sonhos e desejam ter um futuro digno, claro que se preocupando com as futuras gerações também. Mas contrariam suas funções e deveriam devolver todo salário que ganharam até então pelo não cumprimento de sua função, além claro de todo roubo e desvio praticado. Deveriam receber uma punição digna de quem mata aos poucos a vida de milhares. De quem lhes rouba, idiotiza, engana, contra os quais praticam as piores covardias e injustiças sem ao menos precisar de armas.
Cumprem uma tripla função diabólica: "matar, roubar e destruir", como mencionada na bíblia. Estas três situações estão interligadas. Quando um destes pilares é ameaçado, eles se valem de outro. Como o diabo é o "pai da mentira" e para o diabo estes se curvam, obviamente todo seu papel e carreira será perpassado por mentiras e enganos.
(Jackson Angelo, em 30/12/2014)
 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe