Pesquisar neste blog

O que me falta para adocicar minha alma?

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017



É preciso algo para adocicar a alma quando o amargor está em toda parte. Algo para que o cheiro das rosas, das folhas, dos oceanos, das pessoas com quem convivemos não sejam superados pelo miasma de mortes contínuas: a morte do eu de tantos seres humanos, do mundo, a morte do que é sincero, verdadeiro, puro e justo. 
Miasma da morte de quem ainda teria chance de mudar para melhor, de se refazer, se reerguer, se recuperar, se encontrar, achar um significado, abraçar a verdade.
Algo para apaziguar os raios, trovões, tufões, tempestades nos céus e nos mares, no mais fundo do coração, na região mais interior da cabeça.
Adocicar o pensamento para que ele se encaminhe para o bem, ainda que não veja com clareza límpida, cristalina, não importa se essa é a real intenção.
Preciso de algo para me adocicar, para tirar o travo, o fel de memórias que insistem ferozmente em pulverizar lixeiras e caixões do aço mais forte que minhas forças puderam criar.
Preciso entender de tinta em tinta o que os poetas escreveram com seus corações confusos, pulsando sentimentos e emoções inexprimíveis; entender o que a Bíblia traz de absoluto, o que o próprio Deus morrendo em nosso lugar quis comunicar aos corações.
Preciso mergulhar em múltiplas telas e extrair as melhores cores e os melhores significados.
O açúcar, o doce, o apetitoso, o bom perfume então estaria no mundo ou dentro de mim? Novamente, minha alma só diz: Jesus.

(Jackson Angelo, em 26/12/2014)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para seu comentário ser publicado:
1 - Não faça comentários ofensivos, abusivos, com palavrões, que desrespeitem as leis dos país.
2- Os comentários devem ter relação com a postagem.

 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe