Pesquisar neste blog

Carregando...

Raízes pequenas, mas fortes transformam desertos em campos verdejantes

terça-feira, 3 de junho de 2014

Você cresceu no deserto
Quando todas as estrelas abandonaram sua luz
Nem miragens podiam mais nascer
Suas frágeis raízes fincaram dentro de mim
Uma vontade enorme de querer crescer
Como pequenas mãos apertando as minhas
E elas sem palavras podiam descrever o universo!
Brilhando como uma luz que meu coração esqueceu
No deserto a luz já não fazia sentido
Mas era quente, e queimava, e ardia, e crescia
E seu brilho aumentava
E suas raízes penetraram meu coração!
Não sei como cresceu a primeira folha
Mesmo sem flores ainda, podia sentir algo a perfumar
Foi quando o vento começou a soprar outra vez...
E neste solo tão árido e sem vida
Você fez brotar água de dentro de mim
E transformou em rios de água cristalina
Neste rio pude ver meu rosto brilhar outra vez
Hoje, olhando os campos
Não esqueço da primeira flor
Não esqueço deste grande amor!
Não esqueço que era um sonho distante e apenas um sonho!


(Jackson Angelo, em 03 de junho de 2014)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para seu comentário ser publicado:
1 - Não faça comentários ofensivos, abusivos, com palavrões, que desrespeitem as leis dos país.
2- Os comentários devem ter relação com a postagem.

 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe