Pesquisar neste blog

GOSTO MUITO DE VOCÊ (GIF PRA ORKUT)

terça-feira, 19 de julho de 2011



A casa maldita

A casa maldita

Estou republicando esse texto porque nem sei como ele ficou em rascunho, pois pensei que tivesse publicado há alguns meses atrás. Para refletir.



Faz meses que pensei em fazer esse texto. A ideia é até boa, na minha opinião: enxergar na suntuosidade e riqueza de políticos corruptos toda miséria, males, sonhos desfeitos, vidas destruídas e injustiça provocadas pela corrupção generalizada, tão marcante em nosso país.
Só que ultimamente, meu coração tá tão preguiçoso pra buscar inspiração. Resolvi fazer assim mesmo.
Pode parecer que sim, mas o que vou dizer não tem nada a ver com o processo eleitoral de amanhã, no qual espero que se faça a melhor escolha para o país e para cada estado.


Há alguns palácios e mansões que se pudéssemos imaginar como são construídos, em última análise, ficaríamos enojados, caso ainda reste em nós alguma fagulha de dignidade.
Por exemplo, se pudéssemos entrar na casa de um ladrão profissional da Política, que, desvia recursos de obras vitais para atender às necessidades dos mais desfavorecidos da sociedade e, ao mesmo tempo, ainda explora e abusa da fé de muitos. Isto é, de um ladrão profissional da religião que, ao mesmo tempo, é um ladrão profissional na Política. Estou falando em termos hipotéticos, mas, na nossa consciência cauterizada e desmoralizada o ato de roubar na política é cultural, vital, sagrado para o próprio funcionamento da instituição política.

Agora se imagine entrando neste palácio e, ao invés de ver toda suntuosidade, pompa, luxo, extrema beleza pudéssemos visualizar os desastres por trás disso:

1 - O horror do sangue derramado de pessoas inocentes pela irresponsabilidade dos governos com relação à segurança. Crianças ensanguentadas, mães, pais, lares destruídos pelo narcotráfico, com o qual talvez até este ladrão profissional tenha estreita ligação;

2 - Em cada piso áureo do chão uma enorme pisada nas necessidades mais básicas de cada ser humano do país. O leite que faltou, o remédio desviado, a obra super-faturada.

3 - Em cada cortina, o sangue de pessoas que tiveram sua vida ceifada por queima de arquivo, sem que nunca a Justiça tenha trabalhado com afinco e rigor para encontrar o assassino;

4 - Em cada centímetro dos lustres napoleônicos, pudéssemos ver as pessoas imbecilizadas, massacradas pela falta de educação e conhecimento, por uma vida infantil trocada por migalhas, escravizadas por migalhas, apenas para adicionar uma pedra preciosa ao lustre;

5 - Em cada porta de ouro, rubis e safiras, pudéssemos ver as preocupações de milhões que mal conseguem sobreviver com os ainda míseros salários desse país, muito distante do constitucional, pois ainda não supre o que o texto da Constituição define como tal. E aí alguém conhece alguma súmula vinculante a esse respeito?

6 - Os diabinhos, diabões, capangas do inferno voando ao seu redor, quando sobe em algum púlpito, falando de Deus, mas tendo o seu coração voltado contra o Todo-poderoso. Vendendo e comprando pessoas, levando os fiéis a se desfazerem dos bens mais preciosos para enriquecer e construir palácios cada vez mais suntuosos. Iludindo, enganando, ludibriando, inventando sacrifícios que não existem. Desses, a bíblia diz que os últimos dias estarão cheios, mas que sua paga no inferno será ainda maior.

7 - Em cada palavra de esperança que ele pronuncia, um campo de mentiras, onde muitos já morreram;

8 - Se trabalhamos quase a metade do ano para pagar impostos, imagine ali as horas de tormenta que passou em seu trabalho, as horas de sono, o preço cara para realizar um sonho, pagar uma passagem, as queixas do chefe chato, o sacrifício vivo que fazemos todo dia, do quanto corremos de assaltantes e da violência a caminho do trabalho. Depois fazer fila para receber de volta, em porções bem reduzidas, o pouco do que lhe roubam todo dia.

9 - Bom seria conseguir visualizar no endeusamento desse ser toda ironia que faz à sociedade, às leis, as corações que amam a justiça. Ter que baixar a cabeça e reverenciar quem lhe rouba por décadas, quem se construiu com a desgraça e miséria de milhões.

Se pudéssemos visualizar como toda essa roubalheira destruiu esta nação, destruiu sonhos de tantos jovens, destruiu lares, vidas, projetos preciosos, matas, etc.
 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe