Pesquisar neste blog

Eu estou na sua lista de contatos de e-mail?

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Minha lista de contatos de e-mail é muito extensa. Isso é até compreensível por conta de relativa exposição pública no blog. Assim, recebo e-mails "normais", que representam um contato normal de uma pessoa com outra (no caso, comigo) e e-mails do tipo corrente, aqueles reenviados, repassados para os contatos de alguém.
Contudo, há alguns problemas com as pessoas que repassam as informações que recebem, vou expor alguns.

1 - Não perguntam se você quer receber ou não estes e-mails do tipo corrente. Você faz parte da lista de contatos deles e pronto. Às vezes só fez um único contato por e-mail, mas vai receber estas correntes até o fim da vida, sabe-se lá quantas vezes por semana.
Pessoalmente, não repasso nenhum tipo de e-mail. Pra mim, e-mail é só uma forma respeitosa de contato entre uma pessoa e outra, com objetividade e formalidade.
Pior ainda, dificilmente leio. Não consegui gostar do FW, o famoso forward, porque até hoje nenhum deles me acrescentou nada nem me fez rir ou chorar. Se essa prática tivesse me acrescentado algo, se tivesse se mostrado válida e edificante, então tivesse aprendido a gostar por conta do mérito. Só que depois de anos, ainda não vi mérito algum, com raríííííííííssimas exceções.

2 - Não checam se as informações repassadas estão corretas ou não, se possuem fundamento. Essa é a pior de todas as atitudes com relação a envio de e-mails. Geralmente, eu peço logo a quem me enviou que não envie mais ou que cheque em fontes seguras se as informações são corretas ou não. Se não tem certeza, não repasse. Mas, nunca aceite de imediato uma informação como verdadeira, tente humildemente pesquisar na rede, em jornais, nos meios que tiver disponíveis. Leia sobre spams, leia sobre e-mails falsos, tente se informar como identificar esse tipo de e-mail.

3 - Algumas mensagens religiosas consideram que todos seus contatos são da mesma religião. Ou mesmo que sejam da mesma religião compartilham da mesma ideia acerca de um assunto. Assim, se o que recebem lhes fez bem, então vão enviar para todos seus contatos. Não! Continuo achando a bíblia muito suficiente para as minhas leituras e alguns autores que considero bons. Mas ninguém tem como saber se as pessoas vão ter saco, paciência pra ler os e-mails repassados, se elas são da sua religião ou não.
Não sou do tipo que vendo um filme com Jesus Cristo apanhando por quase meia hora vou ter um renovo da minha fé. Ou porque pastor X, Y disse, fez isto ou aquilo que vou aderir ou me escandalizar.

4 - Expõem o seu e-mail a pessoas que você nem conhece. Uma vez que não se importam que nomes estão na lista ou não, seu e-mail ficará exposto aos outros e-mails que fazem parte da lista. Basta olhar no cabeçalho: se você vê todos os outros e-mails que receberam a mensagem, então todos vão ver o seu também. Isso pode ser muito chato para muitas pessoas que não compartilham seu e-mail com qualquer pessoa.

5 - A maioria possui texto de ruim a péssimo, que não dá vontade de ler.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para seu comentário ser publicado:
1 - Não faça comentários ofensivos, abusivos, com palavrões, que desrespeitem as leis dos país.
2- Os comentários devem ter relação com a postagem.

 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe