Pesquisar neste blog

SOBRE SELO DE INTERNET E MEU PRIMEIRO SELO

sábado, 25 de abril de 2009

Ganhei um selo do site da catequistasheila.blogspot.com. Tão lindo! Muito bem-feito. Ela gostou de um texto que eu fiz e sempre tá aqui no blog.
Eu nunca entendi direito esse negócio de selo. Depois olhando na internet, notei que é uma prática recente, em que os blogueiros distribuem selos aos sites que eles gostam, admiram, etc. Esse selo representa admiração, respeito, reconhecimento da parte do blogueiro. Quer dizer, não é uma pesquisa dos 50 mais votados, aquelas votações em que os blogueiros ficam pedindo votos, mesmo que a pessoa não se sinta tão à vontade pra isso. Outros sites até impõem voto pra ter acesso imediato ao site, etc.

O que achei legal no selo é a liberdade que cada um tem de presenteá-lo a quem quiser.
Esse selo geralmente é um gráfico pequeno feito pelo site que o distribui e deve ser exibido por quem o recebe. Ele pode ser animado ou não.

Algumas vezes é tipo uma brincadeira, recebe-se um selo e em troca você tem que dar a uma quantidade de pessoas definida, geralmente, cinco.
Esse selo lembra um pouco o ISO 9000, não é? Mas quem dá o ISO é o blogueiro.
Eu já havia recebido um selo, mas por total desconhecimento nem liguei de colocar no site. Tenho pouco intercâmbio com outros sites. Até porque não tenho uma linha muito definida. Gosto de textos e imagens. Ultimamente estou procurando aprender mais algo de scrap. Já fiz algumas coisas, mas nunca fui de me fixar muito em um único projeto.
O scrapbooking exige isso sempre.
Sheila, o meu muito obrigado, de coração.

02 molduras para Dia das Mães

Mais frames pro Dia das Mães! f

Vou logo avisando que essas duas são bem antigas. Dava dando uma faxina nos meus HD's. Na verdade, essas molduras tavam cheias de coisas escritas, então com o Photoshop fiz algumas manipulações. Aí ficou mais limpo o design.
Ambas as molduras estão hospedadas no 4shared. Baixe nos links indicados. Oksss!!

Nós, os idiotas!

Às vezes a gente sabe exatamente o que nos espera, porque vamos estar sujeitos a seres humanos que, por natureza, julgam e têm padrões muito parecidos de julgamento. Nem mesmo eles podem. mudar, porque é a terra que recobre suas próprias covas. Não há espaço pra luz! Eles não podem se dar ao luxo de julgar de outro modo, porque é a razão de suas vidas. O adubo de suas almas.
Mas, acabamos, nós, os idiotas, os eternamente anônimos, que têm coragem de rir de coisas que achamos ridículas, das suas idéias tão miseráveis de liberdade e alegria, preferimos nos agarrar ao que pra nós é tão claro ser correto.
Desafiar a lei - não que seja isso o que buscamos - que convencionou tanta coisa como excluída, desafiar o que nos faz merecer, na mente deles, estar próximo, dentro, e, portanto vivo.

Sinto tua falta

Hoje, teu abraço me fez falta
Ouvir tua voz me fez falta
Olhar nos teus olhos me fez falta
Me faz falta teu perfume
O cheiro do teu suor
O toque das tuas mãos
O carinho, a afeição
Tuas loucuras sem tamanho
Tuas palavras de amor
Tuas inquietações
Tudo me faz falta
Durante dias eu consigo suportar
Durante dias eu esqueço de lembrar
Mas, á algo vivo dentro do coração
A razão sempre perde
Porque a falta é alimentada pela verdade do sentimento
Porque essa falta me machuca
Tira o perfume das flores
Tira a cor da matéria
Tira o ar dos pulmões
E nada posso fazer
Espero a tempestade da falta abrandar os raios e trovões
Eu vou resistir, eu sei
Eu vou aprender a ancorar e dirigir o barco
Só nunca serei maior que a imensidão do mar!
(Autor: Jackson Angelo)
 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe