Pesquisar neste blog

Carregando...

Daqui até o fim do ano

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Ontem, fiquei pensando nos poucos dias que me restam até o fim do ano. Sei que um ano é uma demarcação numérica e padronizada, em que adentramos muitas vezes com o mesmo sentimento que ficou do passado, com as mesmas continuações, paradas, desistências, conquistas também, cursos concluídos, projetos definidos, esperanças e expectativas as mais diferentes, etc.
Contudo essa demarcação temporal pode nos ajudar também a entrar em harmonia, se ajustar ao percurso temporal da humanidade, que se planeja, se projeta de acordo com essa demarcação.
Seria muito sonhar com uma grande confraternização universal em que a humanidade comemorasse de verdade o grande projeto que é ela mesma: a própria Humanidade.
Infelizmente, muitas nações não conseguem nem amar a si mesmas, quanto mais à humanidade como um todo.
Bem, mas resolvi esquecer as lamentações, se elas só servem para causar tristeza e dar voz a críticas, melhor não lamentar, antes é melhor projetar alguma forma de alegria, algum modo de melhorar nossa pequena, breve e limitada passagem nesse mundo.
Então, fiz a poesia abaixo falando comigo mesmo. Espero que ela tenha algum efeito positivo na vida de alguém.


Daqui até o fim do ano
Pense apenas no amor
Tente encontrar o amor dentro de você
Amar a vida, as coisas pequeninas
As crianças, os animais, as coisas bonitas
As cidades e os seus administradores
Deseje o bem a todos
Deseje que todos façam o melhor

Daqui até o fim do ano
Tente não julgar ninguém
Não se domine por isso, gastando tempo com isso
"Natalize" o seu dia inteiro
Faça Jesus nascer no seu olho e ali crescer
Faça Jesus nascer na sua cabecinha e use essa luz pra iluminar teus pensamentos
Dê o melhor de si pra ver as pessoas felizes
Tente ignorar que isso é muito difícil

A luz nasceu
A luz brilhou na escuridão
A luz que espanta as trevas
A luz que ilumina esse mundo
A estrela sempre brilhará
A estrela eterna e viva

Daqui até lá tire toda poluição
O sentimento que polui a alma
O egoísmo que polui o amor
Tente tolerar, compreender
Exercite o perdão
Peça desculpas pelo Orkut
Pela desculpas por um bilhete
Ligue pra alguém que precisa do seu perdão
Se há algo que precisa ser falado fale
Se esse ano foi cheio de confusão não leve tudo para o próximo ano
Tente diminuir ao máximo os conflitos e atritos
O perdão de um minuto destrói décadas de tristeza remoída na alma
Plante sementes de paz e de alegria
É difícil, parece tão impossível
É como deixar de ser humano
Mas é só um poucochinho de tempo
TALVEZ NÃO CONSIGA NADA, MAS TENTOU
DEU O MELHOR DE SI MESMO
FEZ TUDO DE ACORDO COM SUAS FORÇAS
Pense na liberdade da alma
Pense na alegria de ter cumprido sua missão
Uma missão pela qual nenhum homem te louvará
Apenas Deus e tua própria consciência

Daqui até o fim do ano
Faça um acordo com você mesmo
Tente se cobrar, se lembrar, se guardar
Se lembre da força que dá vida ao morto
Da estrela que sempre brilhará
De manhã e de noite espantando, destruindo as trevas:
JESUS

Texto e arte: Jackson Angelo

2 comentários

  1. Ai, que coisa mais linda que vc escreveu amigo...
    já copiei tá? posso postar em um dos meus blogs?
    e essa imagem com o nome de Jesus e a estrela? amei!
    que seu Natal seja iluminado como o brilho que vc coloca em meus olhos qdo eu entro aqui...
    fica com Deus.

    ResponderExcluir
  2. Amada, sou grato a Deus por você. Pode, sim. Te gosto muito sabia. Um abração!

    ResponderExcluir

Para seu comentário ser publicado:
1 - Não faça comentários ofensivos, abusivos, com palavrões, que desrespeitem as leis dos país.
2- Os comentários devem ter relação com a postagem.

 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe