Pesquisar neste blog

Me conta aí, quem alcançou o tempo?

segunda-feira, 18 de maio de 2009


Para uma pessoa a quem respeito

Me conta aí, quem alcançou o tempo?

Eu já não encontro um sonho pra sonhar
E as asas já nem tem espaço pra alçar o vôo aqui
As estátuas das imagens de todos que passaram
Estão na porta do museu que não se abriu
O tempo voa, e se eu me converter em luz
Me conta aí, quem alcançou o tempo?
O brilha e a luz já está tudo dentro de mim
Coroas me pesariam na cabeça
Palavras já me fogem
Estou exausta
Eu já não tenho palavras pra contar
Isso tudo que vivo não cabe em palavras
As chamas já apagaram
E a fogueira começa a cessar
O calor se esvai de dentro de mim
Já não tenho espaço pra acertar ou errar
Já nem me sinto mais dona de mim mesma
Meus pés fracassam
Quando o que mais queria era correr veloz
Mais rápido que o tempo
Antes do instante que me assusta
Só uma coisa me consola o coração
Sinto que não é o fim
Se melhor não pude fazer
Que ninguém guarde culpas ou acusações
Isso é guardar feridas que apodrecem a alma
O tempo é sempre pouco e corre veloz
Me conta aí, quem alcançou o tempo?

(Jackson Angelo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para seu comentário ser publicado:
1 - Não faça comentários ofensivos, abusivos, com palavrões, que desrespeitem as leis dos país.
2- Os comentários devem ter relação com a postagem.

 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe