Pesquisar neste blog

Dia de nada

segunda-feira, 19 de setembro de 2011


Pensei que posso tirar um dia só pra mim, mas um mim sem pesos de horários e compromissos. Sem ncessidade de dar bom dia, de sorrir para ser gentil, ou de encontrar uma resposta coerente para alguma ofensa. Ou de ser racional ou emocional. Hibernar-me da maior parte de minha história.
Pensei que posso tirar um dia de nada. Sem a procura por diversões, sem roubar a hora do meu sono.
Um dia sem pesos, sem contemplação do que fiz ou deixei de fazer. Sem buscar por silêncio ou por barulho, ou buscando tudo isso ao mesmo tempo. Não quero ditar... deixar o dia acontecer...
Dia sem leis para me moldar, sem a preocupação dos débitos, da política, da monitoração de informações por parte dos governos.
Não é que eu queira dizer que seja um dia para mandar tudo se danar. É um dia só pra mim mesmo, bem egoísta, bem como um bebê ao contrário, que abre os olhos e passa a desabsorver todas as informações que dia a dia foram entrando em sua cabeça e sua alma.


Dia de nada, dia de nada
Sem convenção de roupas, sapatos, relógio
Sem lembranças para forçar a memória
Sem diário para registrar coisa alguma
Afinal, é meu dia de nada
É meu dia de nada mais nada
Mais nada mais
Nada
As paredes mal pintadas nada vão esconder
O lado de fora da janela nem sei se vou olhar
O lado de dentro da alma pode até dormir
Se minhas mãos vão se mover não sei
Se meus pés vão correr não sei
Nada pra descobrir em mim ou em ninguém
Nem queixas nem reclamações nem dúvidas
Nada
Sem nada planejado
Ninguém para procurar
Apenas eu e nada mais
Nada
Meu dia de nada
Nada que force lágrimas, nada que me dê medo
Nada que me dê raiva, nada que me faça um ser com RG e CPF
Nenhum documento, nenhuma encomenda, nenhuma agenda
Nenhum governo, nenhum policial ou ladrão
Afinal, é meu dia de nada
É meu dia de nada mais nada
Mais nada mais
Nada


(Jackson Angelo, agora, agora, em 19/09/2011)


Evite baixar arquivos do Esnips


O site esnips.com é um hospedador e compartilhador de arquivos. No Brasil, ele é mais conhecido por ter muitos livros disponíveis para download.
Ocorre que este site exige a instalação de um programa chamado esnips downloader. Esse programa faz alterações drásticas nos navegadores Internet Explorer e Firefox que não são possíveis de serem escolhidas pelo usuário.

O Esnips downloader altera a página inicial dos navegadores para a página do http://search.esnips.com/, que acho que gera receita para o mesmo, dependendo dos cliques do usuário. A busca por informações e arquivos, se for feita neste site, é baseada nos motores de busca do Bing e do Google. Contudo o motor de busca do Esnips não apresenta configurações de segurança, a exemplo do Google e do Bing. Nestes, os resultados da busca podem ser moderados, basta configurar no próprio buscador. No buscador do Esnips não é possível fazer configurações de busca moderada, isto é, que não apresente resultados com conteúdo violento ou sexual.
Outro problema do Esnips downloader é que ele instala uma barra um tanto indesejável nos navegadores Internet Explorer e Firefox. Digo indesejável, se o internauta não for um usuário assíduo do Esnips e acessou o serviço apenas para baixar um arquivo; aí fica com uma barra a mais no navegador sem nenhuma utilidade.
O pior problema se dá com o Firefox. Pois se o usuário for desinstalar o Esnips downloader, as barras do Esnips e outros componentes instalados, o Firefox agirá como se estivesse infectado pelo Esnips, não sendo possível mudar de modo algum a página inicial nem o motor de busca principal. O próprio Esnips conhece esse problema há muito tempo e nada faz para corrigir esse comportamento viral do seu programa obrigatório.
No Internet Explorer não acontece esse problema.
Essa é uma dramática vulnerabilidade do Firefox. Imagine se algum programa do mesmo modo instalasse páginas iniciais com conteúdo erótico ou violento no Firefox, de modo que nem pelo about:config se fosse possível modificar essa configuração.
O about:config é como se fosse um painel de controle com configurações avançadas do Firefox, no qual é possível fazer alterações no seu funcionamento e desempenho.
Mesmo nesse controle, se for digitado Esnips e esses valores forem removidos, na próxima inicialização do Firefox estes valores retornam e o Firefox continua infectado.



Infelizmente, até o momento o Firefox não achou um modo de corrigir o problema de modo efetivo ou de retirar essa vulnerabilidade, caso algum outro programa faça alterações neste sentido.
Ainda quanto ao Firefox posso dizer que ultimamente tem apresentado diversos problemas. Ele possui um componente chamado plugin-container, que funciona como um componente auxiliar para execução dos plugins (Flash, Adobe pdf, etc.). Há vezes em que esse plugin chega a congelar (dar crash) o navegador por minutos ou até de vez, e ainda com uso abusivo de memória.
Algumas vezes para que o Firefox possa continuar sendo usado na navegação sem ter que finalizá-lo, é possível utilizar o gerenciador de tarefas do Windows e interromper o plugin-container. Feito este procedimento, em alguns casos, o Firefox volta a responder aos comandos.


Como solucionar esse problema com o a infecção do Esnips no Firefox?

Conheço duas maneiras apenas: 1 - ou desinstale completamente o Firefox para depois reinstalá-lo por completo com todos os componentes desejados.
2 - Ou, o que acredito ser o melhor modo, crie um novo perfil para o Firefox. O Firefox permite configurar vários perfis. O perfil pode-se dizer que é um conjunto de configurações, plugins, temas, histórico, favoritos, etc. do navegador. Cada usuário do programa pode configurar diferentes e vários perfis, e escolher o perfil que deseja utilizar como padrão.
No caso do perfil "infectado", sugiro que seja deletado; se for útil, exporte os bookmarks (favoritos) do programa. Quanto aos favoritos, extensões e outros componentes, eles devem ser reinstalados no novo perfil.

Para criar um novo perfil no Firefox, siga os passos do tutorial abaixo:





 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe