Pesquisar neste blog

A raça superior

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Dias atrás comecei esse texto, pensando sobre as gentes que se acharam ou continuam achando que fazem parte de uma raça superior, detentora de privilégios de decisão sobre os demais povos, inclusive o de subjugá-los e acabar com os mesmos, humilhá-los, escravizá-los, e tantas outras maldades impossíveis de justificação.
Esse tipo de problema existe, se não explicitamente como nação, mas muitas pessoas têm este tipo de sentimento. Tenho medo algumas vezes que esse tipo de mentalidade como praga infecte as cabeças ou forneça alavanca para o que já está lá dentro instalado no coração, principalmente dessas pessoas que precisam de um propósito para justificar sua existência, e o encontram morbidamente na perseguição e ódio a outras pessoas, as que consideram inferiores.
Fiquei tentando imaginar os fundamentos desse tipo de cabeça, o que será que há no pensamento insano destas pessoas?
A própria bíblia afirma que "todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus", quer dizer, não há glória em nenhum ser humano. O que podem fazer é procurar se aproximar de Deus por meio de Jesus Cristo e manter-se em equilíbrio com o que é justo e correto.
Então, eu me imaginei falando por eles, vivendo seu discurso; contudo enfocando que nada têm fisicamente, organicamente superior a ninguém.


Nós somos a raça superior de todo mundo e de qualquer outro que venha a existir
Nossa pele não queima, não se machuca, não arranha
Não nos cansamos
Somos os melhores em tudo
Somos os que podem fazer deste mundo um lugar melhor
Não fedemos, não expelimos gases corpóreos, nem evacuamos sólidos amolecidos fétidos
Tudo em nosso corpo e ser é glorioso
Os cérebros mais sadios e inteligentes são nossos
A música superior, a arte superior, somos o topo de toda organização
Somos os que mais resistem às doenças, os mais saudáveis
Nada nos abate, nascemos para dominar
Nenhuma mordida de leão nos arranca um mínimo pedaço
Nenhum raio pode cair sobre nós e nos machucar
Somos à prova de pobreza, de descontrole, de vacilos
Somos nós os que podemos dar significado ao mundo
Os que podem encontrar a essência da alma humana e da vida
Conhecendo a vida, somos o orgulho da divindade
E podemos representá-la sem limites
Um destino glorioso nos espera, reservado apenas para nós, o superiores
Não envelhecemos, não enfraquecemos nem na fome nem na sede
Nenhuma guerra será por nós perdida
Nenhum tiro nos pega, nenhuma bala de canhão
Resta-nos apenas ter piedade dos inferiores
Para os quais encontramos diversas utilidades
Uma honra para os mesmos, serem nossas cobaias
Para conquistar um melhor nível de aperfeiçoamento e evolução
A dor não é nada quando devem refletir a quem estão servindo:
Nossos mais respeitosos e louváveis propósitos para a humanidade
 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe