Pesquisar neste blog

Minhas reflexões sobre homossexualismo e religião

sábado, 10 de outubro de 2009

Vi essa postagem no site: http://www.genizahvirtual.com. Ela trata de um homem, cuja imagem, forma de agir e local, nos passam logo a imagem "física" de um pastor em uma igreja evangélica. A denominação dessa igreja não foi mencionada. Esse "pastor" está expulsando com ajuda dos servos da igreja um espírito de pomba-gira de uma mulher paraguaia, segundo o autor da postagem. Abaixo o vídeo:



Antes de ler, vou logo avisando, não quero ser breve nem longo, vou falar o que me vier à cabeça. Se ninguém ler tudo bem. Se apenas eu ler tudo bem. Se aceitar ou não, apenas respeite.
Confesso que acredito em possessão do espírito por demônios. Eu confesso também que gostaria que não fosse verdade, que fosse invenção, crendice tola, mas tenho que admitir que eu mesmo já fui muito atormentado por demônios. Digo isso e não importa quem duvide, ou ache que estou louco, fora de mim, que sofri lavagem cerebral, que sou um fraco, atrasado, etc. Muitas pessoas reclamam das pessoas que assumem uma fé, principalmente quando se é protestante de verdade, ou melhor, evangélico de verdade, que tenta seguir com fidelidade o texto bíblico como mapa para sua vida, para seu falar, seu agir, seu pensar. Contudo, fazem críticas com ironias, com ódio, com adjetivações as mais vis e abomináveis. Reclamam que somos críticos, mas com palavras carregadas de ódio e peçonha.
Muitos dizem: "você pode nem ser assim tão crítico e falso, mas a a maioria é." Mas só se referem assim a evangélicos; e depois os evangélicos é que são preconceituosos!!
E se for um assembleiano, pior: "Eles (os assembleianos) dizem que só eles têm salvação!". Eu nunca ouvi isso de pregador ou pastor nenhum da Assembléia de Deus! A bíblia deixa claro que Jesus vem buscar um povo seu, um povo especial, zeloso, de boas obras. Zeloso de que? Da palavra de Deus! Que procura viver de acordo com essa palavra! É o que eu compreendo!
Já vi uma psicóloga criticando um texto meu no Orkut, em que relatou que nunca viu nada tão hilário na vida. Ela chamou até Jesus de G-Suis e fez outras afirmações. Basta procurar no Orkut por jacksonangelo que você pode encontrar o link pro comentário. Sempre que quiser saber o que se comenta sobre seu blog no Orkut busque na caixa de pesquisa dele. Digite o nome do blog ou até seu nome e contemple os resultados. Temos liberdade de expressão, mas acho que psicologicamente, mesmo pra quem não fez Psicologia, respeito é bom e todos gostamos, precisamos e temos direito. Principalmente no exercício da fé. Naquela mesma comunidade, cujos fóruns são visíveis, tentem compreender o que eles afirmam sobre os evangélicos (acho que nem vale à pena, só por curiosidade mesmo). Então, a resposta não é odiá-los, é respeitá-los e orar por eles para que Deus tenha misericórdia de suas vidas, assim como teve de nós.
Em vários fóruns de ateus, o que se sente não é diálogo. Em muitos sites de evangélicos também, verdade seja dita, o que se sente não á respeito. Respeitar não é ser a favor, nem aceitar. Mas por exemplo, a forma como o "pastor" denominou o espírito de bichinha, bichona, etc., reforça valores de preconceito contra os homossexuais. Quer dizer, o que ele falaria de um homossexual, como se referiria a eles? Não se pode imaginar que uma boca pra ser mediadora da palavra de Deus fale com termos torpes.
Onde na bíblia se fala sobre a entidade que se denomina pomba-gira? E sua relação com homossexualidade, promiscuidade, onde está escrito no texto bíblico? Jesus afirma que nada devemos acrescentar ao evangelho, pois seremos réus.
Acho importante dizer que tenho amigos e amigas homossexuais. Eu os respeito e eles me respeitam. Não os chamo de veados, bichinhas, eles têm nome! Deus chama a todos pelo nome. E em conversa com alguns deles, uns me relataram que nunca entraram em uma igreja evangélica por conta do desrespeito que fazem com a condição sexual deles,; afirmaram ainda que muitas vezes não é opção, mas algo que eles têm no coração e não conhecem outra forma de viver.
Vou logo avisando que nem todos partilham da mesma opinião. Nem sou mediador da opinião de ninguém. To me baseando no que já pude ouvir, resultante de diálogo com respeito, civilidade e principalmente amizade.
Então, não é que se vá alterar o texto bíblico e dizer que a bíblia não condena o homossexualismo. Na verdade, em várias passagens a bíblia claramente reprova e é contrária. Mas também a bíblia não se diz a favor de práticas sexuais heterossexuais fora do casamento, tampouco aprova o alcoolismo, idolatria, maledicência, hipocrisia, mentira, etc.
Então, o peso é o mesmo: aceitou Jesus Cristo, então o corpo tem que ser templo do Espírito Santo, a pessoa entrou pelo caminho estreito que conduz à vida. Nada de sexo antes do casamento, lascívia, filmes imorais, etc. Jesus deu sua vida pelos pecadores, por mim, por você, mas não foi pra ninguém ficar brincando e vivendo no pecado.
"Mas isso é sofrimento!!! Sofrimento demais!!!" Mas Jesus disse: "Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz de cada dia e siga-me!" Jesus falou isso à toa? Deus iria falar como nós uma coisa em um tempo e se contradizer noutro? Sem negação do eu não há cruz! Sem carregar a cruz, sem essa negação ninguém segue Jesus e chega onde ele já chegou.
O que tenho visto também é que em umas igrejas se oferece ao homossexual uma possibilidade de libertação e muitos deles que aceitam não conseguem essa libertação. Por outro lado, existem os que conseguem. Então, não seria coerente ouvir e entender esses dois lados com respeito?
Não estou falando isso julgando, por favor. O que vai julgar é a palavra de Deus não eu.
Devemos ser verdadeiros conosco mesmo. O que escolhemos pra nossas vidas? Em que acreditamos?
Eu queria que fosse fantasia isso também. Queria que não houvesse restrição quanto aos prazeres carnais, mas na verdade há. Mesmo com uma leitura básica do texto bíblico, essas coisas ficam muito claras.
Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus." NT, I Coríntios, capítulo 6, versículos 9 e 10.
Na verdade, ninguém é obrigado a aceitar. As pessoas são convidadas. Ora, não quer, não crê, não aceita, faça o que achar melhor para sua vida. Todo mundo é livre. Um princípio nesse mundo que Deus valoriza e respeita em todos é a liberdade de escolha.
Por outro lado, convém falar que Jesus sempre oferece uma nova forma de viver. E Ele como Deus, por ser Deus, não vai oferecer um caminho e deixar a pessoa andar com pernas tortas, cair a cada passo sem dar auxílio pra que ela se levante. Tudo o que está ao alcance de Deus Ele faz. O que não está ao alcance de Deus?
O homossexual que mais sofre desrespeito é aquele que diz: sou evangélico, Jesus mudou meu viver. E a sociedade, até mesmo na imprensa da Globo, Bandeirantes, entre outras, questiona sobre essa possibilidade, mas sempre contradizendo, procurando deixar claro que é impossível. E o povo responde: não existe ex-fresco, ex-gay, ex-veado. Peço perdão pelas palavras torpes, mas só quero deixar bem real o meu relato. Imagine o coração de um ser humano que abandonou sua homossexualidade porque quis e agora as pessoas riem da cara dele: "KKKKKK! Ele é um ex-gay! Isso num existe!" Você acha que Deus ri da cara deles? Deus nunca usa de escárnio!
O que impediria um homossexual de dizer ou querer: "Não quero mais esse tipo de vida. Não quero mais ser homossexual!"??? Se ele escolher ser evangélico, budista, maçon, o que impede? Já tou até falando noutras religiões pra reforçar o raciocínio! Quem sou eu ou você pra dizer a ele o que ele deve ser ou não? Por que mais essa escolha dele não pode ser respeitada? E se ele disser que está feliz sendo evangélico? Quer dizer o certo, o unicamente certo é ele dizer que é feliz sendo gay?? E se algum deles não quiser mesmo ser homossexual e enxergar em Deus uma possibilidade de se ver livre dessa condição porque pra ele é problemático, lhe faz infeliz? Quem sou eu pra denegrir, desrespeitar e dizer: "Cara, você tá errado! Esse povo só quer seu dinheiro! Você vai deixar de viver! Jesus te aceita como você é!"
E mais uma hipótese: o homossexual não pode escolher renunciar tudo pra servir a Jesus Cristo? Quantos homens e mulheres heterossexuais não renunciam ao prazer carnal pra servir a Jesus Cristo? Alguém na sua concepção intocável vai afirmar soberanamente que todos são infelizes, porque a melhor coisa do mundo é sexo. Concordo em parte, porque claro que sexo pode ser maravilhoso, afinal, foi projetado, planejado, criado por Deus. Mas possui regras, princípios, conforme o texto bíblico.
Voltando ao vídeo (será que eu ainda me lembro dele?), ele é bem pequeno, mas dá pra ver num cenário pequeno, em poucos segundos a operação desastrosa do erro provocada pela falta de conhecimento bíblico legítimo.
Sei que tudo o que falei é polêmico. Apesar de que a bíblia com relação ao pecado costuma ser bem clara. Conheço as polêmicas, conheço os prós e contras. E só queria externar um pouco do que tenho refletido pelo que tenho visto na internet, em minha cidade, na televisão.
Espero ter respeitado qualquer pessoa. Espero que meu respeito tenha ficado claro também. Fiquem todos com Deus!

Moldura com Hello Kitty (PNG)

Para baixar com tamanho para Orkut, MSN, pequenas proporções, clique na imagem (PNG).

Download com tamanho para impressão:
 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe