Pesquisar neste blog

Esse quando.. Esse quando até quando? (poesia)

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Esse quando.. Esse quando até quando?

Quando o tempo da hora de vencer parece que há muito se foi
E as dores se multiplicam pelo vazio e pela falta de sentido
O medo de se ver ali ainda com a mesma fragilidade
E a mesma ferida que sorri com pus, sangue e fedor

Todo silêncio me calou também
Calou cada sílaba, cada entrar e sair do ar nos pulmões
Raptou o som da música
Raptou minha voz, meu verbo,
Tudo o que penso em falar há muito foi vencido

Esse quando.. Esse quando até quando?
O sol nunca amanhece mais quente
E as nuvens e os céus, nada na ordem do universo
Anunciam a mudança das estações do meu viver
Sigo sem outono, sem verão, sem inverno, sem primavera

Eu não sei me pôr no lugar
De quem conhece toda a história
Para o qual há uma eternidade sempre conhecida
E que com sua força tudo pode mudar
Esse alguém que não sou eu
O que poderia eu lhe ensinar?

Esse quando.. Esse quando até quando?
 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe