Pesquisar neste blog

O dia mau

terça-feira, 11 de dezembro de 2007



O dia mau
O dia mau chegou
Mal, me deixou muito mal
Quando pensei que ele nunca mais viria
Quando pensei que não sentiria mais dor
Mas, fico aqui quietinho
Sei que vai passar
O barulho estridente, ameaçador dos trovões
A nuvem negra que encobre completamente os céus
A erupção forte, imparável dos vulcões
Esta tempestade no meu peito
Esta erupção no meu coração
De medo, de dor, de falta de alegria
Este medo de que nunca termine
Minha inquietação
Esses pedidos de socorro a Deus
E neste instante em que não vejo a sua luz
Não ouço sua voz me guiar, me orientar
Eu sei que vai passar
Esse dia de chorar desconsolado, em silêncio
Fico sem entender a razão, apesar de pensar tanto
Não precisa ninguém me explicar
Eu mesmo já expliquei a tanta gente
Mas, está acontecendo agora
Os ventos fortes, contrários sopram agora
Mas, eu vou resistir
Mesmo sem saber que vou
Eu vou sobreviver, não é a primeira vez
Não será a última
E terei alegria pra cantar e correr
Sorrir alto debochando de mim mesmo
Sem fanatismo, sem ironia, sem rancor
Nada disso
Não estou suando sangue
Mas, é como se estivesse
Dentro de mim, o meu ser, saindo de mim
Minha alma sangrando
O instante de ruins pensamentos
Assombrado, não sei como começou
Não quero pensar agora
Eu sei que vai passar
Quando acordar já sentirei os raios do sol
Eu já poso imaginar o brilho do sol
 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe