Pesquisar neste blog

Desestress

terça-feira, 13 de março de 2007

Vou falar numa linguagem a menos elaborada possível e até errada, se for o caso!


Eu sempre fui meio complicadinho; complicação aliada a um passado extremamente perturbado, do qual lembro as feridas e ainda repenso e repasso os filmes e as lições. Algumas tarefas de casa ainda nem comecei a fazer. Complicação também temperada pela solidão, ainda que acompanhado. O tempero da solidão gera angústia e amargura, muita dúvida, indecisão e medo.

Pra vencer tudo isto, só o poder miraculoso de um ser como Deus. Acreditar em alguém que você nunca viu? Esperar neste ser, falar com este ser. Lutar contra a força do raciocínio, desfalecer por inteiro. Confiar!!! Sentir desejo de morrer e não passar por aquela situação. Sentir-se enganado por Deus, pela divindade. Fugir do onipresente.

Não é bom sentir raiva se há motivos para chorar!! Para rir. Descentrar a mente de toda perturbação e intranquilidade.

Eu quero e desejo...
Eu quero ver o mar. Eu vou ver o mar. Eu vou mergulhar no mar, vou passar muito tempo embaixo dágua, vou lutar contra tubarões. O barco vai virar, vou naufragar, engolir água, vou ser engolido por uma baleia, em todo lugar Deus estará a me proteger.

Apenas não ser eu mesmo e vencerei, apenas não olhar pra dentro de mim e vencerei. Apenas passar pelo fogo e pelas pedras, apenas enfrentar sozinho um exército, apenas não me desesperar diante da inevitável morte, porque até o inevitável pode virar aparência. Apenas acreditar em vários fatos impossíveis acontecendo simultaneamente. Apenas suportar ser taxado e tratado como louco. Suportar calado toda afronta e vil desrespeito. Não condenar meus traidores, não maldizer meus caluniadores. Apenas não me deixar contaminar pelos acusadores que buscam toda hora minhas falhas.


Quero estar quieto, escutando minhas canções preferidas. Deus me entende.


Hoje, comemoro uma grande vitória: pedi perdão a uma pessoa de quem eu gosto muito e ela me perdoou. Seu nome: Andreia Cony. Nós fizemos universidade juntos, no curso de Comunicação Social, habilitação de Jornalismo. Sou um comunicólogo! Que chique!! Somos, ?


Nenhuma bala no momento, estou bem. Nenhuma bruxa. Ninguém feio e asqueroso pra que eu tema sua feiúra e braveza; ninguém belo e sensual pra me seduzir. Nenhum perigo fora de mim. Nenhum mal me comendo as carnes, nenhum amigo insuportável pra falar mal de ninguém, nenhuma daquelas pessoas que nunca dão prazer de viver e de existir à sua alma.


Desestress! Desestress!
 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe