Pesquisar neste blog

Perfume do vale

sábado, 20 de maio de 2006

GRÁFICO: Wallpaper.ru

Ainda há algumas roseiras,
no meio de tanta sarça e espinheiro
e dentre estas roseiras,
algumas ainda têm pétalas,
e em algumas destas pétalas
ainda há algumas que não murcharam,
e entre estas ainda há um pouco,
um pouquinho de perfume,
mas o suficiente
para perfumar gentilmente todo o vale
Jackson Angelo

Deus prometeu e só Ele pode dar

Se pudesse voar para a mais alta altura. Se pudesse tirar minha alma e a guiasse para o desconhecido infinito deste universo que está pra ser desfeito. Se pudesse imergir no não-entender, no simples-ser e existir. A imensidão, a luz, a cor, a negridão do Cosmos, de estrela em estrela, de forma em forma, viajando rapidamente. Se toda alegria existente e vindoura invadissem meu ser de uma só vez. Se não existisse o "se". Mas, Deus tem um sonho melhor e nos conduzirá ao cerne deste sonho. Durma e acorde sempre em paz.

Alguns pensamentos de Sêneca - NÃO ESQUECI DO BLOG

Alguns pensamentos de Sêneca. São pessoas assim como ele e tantos outros que perfumam a história com suas experiências e visões na forma de palavras imperecíveis e podem perfeitamente propiciar condições ou nos acordar para estas condições, para ter alegria de ver, viver e enriquecer nossa personalidade. Palavras que nos ajudam a existir de modo melhor e mais completo, se lhes dermos alguma atenção. Eles conseguem colocar um espelho da nossa própria alma e do mundo à nossa frente.

"Não se pode formar bom conceito de quem não tem boa opinião de pessoa alguma."
"Em diversas épocas de nossa vida somos tão diversos de nós mesmos como de outros homens."
"A virtude, se encurta a liberdade, alonga a felicidade."
"São as plantas humildes as que produzem as mais belas flores."
"Em vão procuramos as verdadeira felicidade fora de nós, se não possuímos a sua fonte dentro de nós mesmos."
"A virtude é uma guerra perene conosco por amor de nós."
"É tão fácil enganar quanto é difícil desenganar os homens."
"Ninguém nos aconselha tão mal como o nosso amor próprio, nem tão bem quanto a nossa consciência."
"A nossa consciência desmente muitas vezes os louvores que nos dão."
"Os velhos ruminam o pretérito, os moços antecipam e devoram o futuro."
"Desprezos há, e de pessoas tais, que honram muito os desprezados."
"Um século condena o outro século, como em nossa vida uma idade condena a outra idade."
 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe