Pesquisar neste blog

Carregando...

Reflexão sobre autoridade e moral para dizer o que é correto

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Lamentável quando você quer com toda boa vontade mostrar, expor, clarear o que é correto e alguém age com ironias, comparações e fundamentos em pessoas que parecem ser, estar acima da própria razão.
Se fosse apenas uma vez que esse tipo de situação ocorresse, mas toda vez, toda vez. Aí vem a pergunta: vale a pena insistir com a publicação, divulgação e fortalecimento do que é correto?
Hoje em dia, se critica muito os que acreditavam que a terra não era redonda, mas em muitas coisas o mundo e as pessoas estão assim: enxergando a forma errada e de forma errada.
Se um professor de Harvard disser que pode provar que todos gostam de sofrer, as pessoas já nem querem discutir, já se acham derrotadas em enfrentar seu raciocínio e acreditam sem pestanejar. Mas se um plebeu da escola estadual daqui de Cabedelo disser que ninguém em sua sã consciência gosta de sofrer, a maioria duvidará.
Por isso, continuo amando o meu direito de ver, pensar, experimentar, raciocinar e nunca me prender à ideia de que os pensamentos e verdades que conheço chegaram ao seu ápice e não podem amadurecer, aperfeiçoar etc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para seu comentário ser publicado:
1 - Não faça comentários ofensivos, abusivos, com palavrões, que desrespeitem as leis dos país.
2- Os comentários devem ter relação com a postagem.

 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe