Pesquisar neste blog

Carregando...

O amor em uma estrela cadente

quarta-feira, 24 de outubro de 2012


Já viu uma estrela cadente que passou rapidamente? Esse texto é para quem já viu uma estrela brilhando e que de repente perdeu toda a luz e ficou perdida em algum ponto de alguma linha de alguma página esquecida de algum caderno da vida. Do mesmo modo que uma estrela cadente é: apenas uma estrela que já morreu há milhares e milhares de anos.


Por um instante uma estrela brilhou
Por um instante ela reluziu

Por alguns instantes o coração palpitou
Por alguns momentos minha voz se calou
E meu coração sem parar falou
Por um instante algum céu se abriu
E uma escada enorme pus-me a subir

Mas as estrelas despencaram do céu
E nuvens de lama cobriram as de algodão
Por um instante acreditei que seria até o fim
Mas não há começo sem sinceridade
Não existe vida onde não há verdade

Por um instante, foi um instante
A alegria nem gera mais saudade
Por um instante, foi apenas um instante

Todo dia me apaixono
Todo dia descubro
Todo dia consigo ver
Todo dia renasço
Todo dia consigo aprender
E ainda durmo
E ainda choro
E ainda sonho
E ainda sei que vou cair
Por um instante
E noutro me levantar

O dia a dia ainda não morreu por causa de um instante
Ninguém derrubou o céu

(Jackson Angelo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para seu comentário ser publicado:
1 - Não faça comentários ofensivos, abusivos, com palavrões, que desrespeitem as leis dos país.
2- Os comentários devem ter relação com a postagem.

 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe