Pesquisar neste blog

Uma montanha sobre o coração

domingo, 11 de setembro de 2011


Quando não é mais um dia especial
Quando o prato vai perdendo o cheiro e o sabor
Quando o vento para de soprar
Quando o sol deixa de aquecer
E a noite esfria
Quando a estrela some devagar
E a visão olha e nada vê
As flores murcham sem vida
As pétalas secas não fazem viver
Até o chão parece ser tragado
Não é ainda hora de acordar
Mas o sonho já acabou
O coração já sabia que o sonho tinha um tempo
Não haveria fadas nem carruagem
Até a estrela cadente sumiu
O silêncio assusta
Nem sombra nem poeira
Nem rastros no chão
Nem bússola nem câmera ou satélite
A página virou
E a história já se perdeu em algum lugar
Não é ainda hora de acordar
Mas o sonho já passou
Quem vai me acordar do sono?
O palco espera um último monólogo
Mas faltam palavras para expressar
Até as lágrimas procuram lágrimas
Plenamente secou o rio e a fonte
Apenas um palco vazio
Um ponto no fim da história
Tal qual uma montanha sobre o coração


(Jackson Angelo, para uns amigos, hoje)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para seu comentário ser publicado:
1 - Não faça comentários ofensivos, abusivos, com palavrões, que desrespeitem as leis dos país.
2- Os comentários devem ter relação com a postagem.

 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe