Pesquisar neste blog

Importante: por que e como atualizar o navegador de internet?

terça-feira, 26 de abril de 2011

Recomendo enfaticamente que todos que acessam este blog e o inacabável universo de sites da internet leiam detalhadamente este artigo. Ele nasceu da minha preocupação com as dúvidas de vários usuários que relatam problemas de acesso ao blog, que devem ter como uma das principais razões a falta de atualização de seus navegadores.
Muitos internautas enfrentam sérias dificuldades ao acessar tanto esse blog quanto diversos outros espalhados na internet. Essas dificuldades podem ser tantas que o site pode não carregar completamente ou até não ser acessado.
Inúmeros recursos existentes nos sites podem ficar impedidos de ser executados também se os requisitos necessários para isso não forem igualmente suportados. Um bom exemplo disso são os recursos que exigem atualização frequente do que se chamam plugins, como o flash player que constantemente possui novas versões. Sem essas novas versões muitos jogos, aplicativos da internet (de som, vídeos,e tc.), animações, aplicativos e recursos variados de vários sites podem não ser mais executados.
Entre as diversas causas das dificuldades de acessar um site a que mais se destaca é a falta de atualização do navegador (browser) de internet. O navegador é o programa utilizado para acessar e navegar nos sites. Os mais conhecidos são o Internet Explorer (Microsoft), o Firefox (Mozilla) e o Chrome (do Google), entre outros.



Riscos de segurança por falta de atualização dos navegadores

Além das dificuldades de acesso aos sites, existe uma crescente necessidade de tornar a navegação mais segura e de se defender dos riscos de navegação que aumentam a cada dia, porque igualmente aparecem novas falhas de segurança nos navegadores. Estas falhas são exploradas por pessoas mal-intencionadas que inventam vírus, scripts e outros mecanismos e os espalham na internet, fato que coloca a privacidade dos dados do internauta e o controle da sua navegação em sérios riscos.
A cada nova falha de segurança, a cada aumento das tecnologias e recursos necessários para acessar os sites, os navegadores são atualizados pelos seus produtores para que os internautas reduzam os riscos de sua navegação na internet e mantenham-se mais protegidos.
Obviamente que os programas de segurança, como antivírus, anti-spyware, firewall, entre outros, precisam ser igualmente atualizados, mas eles também dependem destas atualizações, tanto do sistema operacional quanto dos navegadores, em se tratando especificamente da navegação na internet.
Por isso, o internauta precisa manter-se atualizado quanto ao programa utilizado para navegar na internet. Os navegadores utilizados atualmente são todos gratuitos. Não conheço versões comerciais destes programas e espero que continuem gratuitos.

Qual o melhor navegador?

Não vou entrar no mérito da questão de explicar qual o melhor navegador de internet existente. Eu particularmente prefiro o Firefox da Mozilla, mas, na prática, quanto a alguns recursos que preciso, só o Internet Explorer atende algumas funcionalidades de alguns sites. Isto no meu caso, não sei explicar especificamente a razão. Por exemplo, para acessar minha conta do Banco do Brasil, os recursos instalados e exigidos pelo aplicativo instalado só funcionaram com o Internet Explorer na versão 9, versão atual desse navegador.
O Firefox e o Chrome possuem recursos que agilizam demais a navegação, pois permitem a instalação e uso de diversos mini-aplicativos, os chamados complementos, que dão ao internauta uma experimentação mais inovadora e dinâmica da internet. Esses complementos adicionam novas funcionalidades no uso de favoritos, histórico, visualização de imagens, navegação em abas, acesso mais ágil a alguns sites, segurança, entre inúmeros outros.
Contudo, é importante frisar que este aumento de recursos exige mais memória da máquina. Por exemplo, o meu Firefox chega a consumir até 500mb de memória, porque utilizo muitos complementos. Minha máquina felizmente está apta para essa exigência.

Novos recursos que melhoram a navegação

O Internet Explorer ainda é o navegador mais utilizado do mundo, embora venha perdendo espaço para o Firefox da Mozilla e para o Chrome do Google. Este avanço fez com que os idealizadores do Internet Explorer o tornassem mais funcionalmente parecido com o Firefox, principalmente quanto ao uso de abas (tabs) de navegação, o recurso que mais uso também. Esse recurso permite que várias páginas de internet sejam acessadas na mesma janela do navegador. Essa funcionalidade facilita muito a navegação, porque o usuário não precisa ficar abrindo sempre uma nova janela, ou indo e voltando no histórico. Com um clique em algum link com o botão mediano do mouse o internauta, em navegadores com recurso de abas, se abre uma nova página em uma nova aba. Esse tipo de clique só não funciona bem com links do tipo javascript.
Outro recurso é o filtro de fishing. O Phishing é uma técnica utilizada por indivíduos desonestos que o utilizam para roubar senhas, por meio da construção de sites fraudulentos que parecem reais. Por exemplo, um site que parece com o da Caixa Econômica ou da Receita Federal, no entanto, não passam de sites que imitam na aparência estes sites. É possível construir uma réplica muito convincente de um site usando o código-fonte do site original, por isso os ataques de phishing podem ser muito eficazes e enganar de verdade o internauta menos precavido. O Internet Explorer 6, por exemplo, não dá suporte a esse tipo de filtro, sendo mais do que necessário instalar a versão mais atual do programa.
O recurso conhecido como cleartype também não é suportado no Internet Explorer 6. Esse recurso facilita a visualização da fonte (letras, caracteres de escrita), fazendo com que a mesma fique mais legível e "firme" aos olhos do internet, digamos, "sem bordas" ao seu redor.
Um recurso muito legal que também utilizo em computadores de trabalho e de outras pessoas é o de navegação privada (in private). Nesta navegação, o internauta não deixa dados gravados (senhas, históricos, etc.) no computador. O internet Explorer e o Firefox, em suas versões mais atuais, permitem este tipo de navegação. Assim, o internauta não precisa apagar histórico. Convenhamos, tem sempre um curioso de plantão doido pra ver o que você estava vendo ou fazendo na internet. Este tipo de navegação, contudo, não elimina o risco dos keyloggers. Um keylogger é um programa espião que registra, sem que você saiba, tudo o que você faz na internet, tudo o que digita no teclado, tudo o que vê na tela, etc. Proteja-se deles, utilize um bom antivírus e antispyware e os mantenha igualmente atualizados.
Há inúmeras outras vantagens nos navegadores mais atualizados, mas creio que o que já expus é suficiente. Pelo menos foi minha intenção.


Como atualizar navegadores de internet

Os navegadores possuem mecanismos que permitem, se bem configurados, que o próprio navegador verifique se há versões mais atuais deles e de seus complementos. Vá na menu superior dos navegadores e procure em opções ou ajuda (sobre).
Ou pode clicar nos links de atualização logo abaixo. Vou listar apenas de três: Firefox, Chrome e Internet Explorer.

Atualize o Internet Explorer. Clique na imagem.


Atualize o Mozilla Firefox. Clique na imagem.


Atualize o Chrome. Segundo informações do próprio grupo de suporte do Google:

"Clique no ícone de chave inglesa na barra de ferramentas do navegador. Depois selecione Atualizar o Google Chrome. Na caixa de diálogo de confirmação que aparecerá, clique em Reiniciar. O navegador salva suas guias e janelas abertas e reabre-as automaticamente quando é reiniciado. Se você preferir não reiniciar imediatamente, clique em Não agora. Na próxima vez que reiniciar seu navegador, a atualização será automaticamente aplicada."
Abaixo o logotipo do Chrome.


Conselhos finais

Então, se tem dificuldades de acessar esse blog ou outros sites de internet experimente atualizar o seu navegador e tire suas conclusões.
A abertura e carregamento das páginas se torna mais rápido, e certamente os navegadores mais atualizados deixarão sua nevagação mais segura. O Orkut, por exemplo, já não dá suporte a navegadores mais antigos, bem como inúmeros outros sites também não.

(Jackson Angelo)

3 comentários

  1. Como desabilitar o maldito "filtro de fishing" dessa porcaria de navegador?

    ResponderExcluir
  2. Ricardo, teria que dizer qual é o navegador. Se for Firefox vá em ferramentas>opções>segurança e desmarque bloquear sites (as duas opções). Se for Internet Explorer, vá nas configurações de segurança e faça as modificações necessárias. Pode buscar ajuda tb nos fóruns dos próprios fabricantes dos navegadores. BOA SORTE!

    ResponderExcluir
  3. Para não falar muito, acesse esse link e veja como desativar o filtro de phishing no Internet Explorer:
    http://support.microsoft.com/kb/930148/pt-br

    ResponderExcluir

Para seu comentário ser publicado:
1 - Não faça comentários ofensivos, abusivos, com palavrões, que desrespeitem as leis dos país.
2- Os comentários devem ter relação com a postagem.

 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe