Pesquisar neste blog

Resistência

sexta-feira, 11 de março de 2011

Que coraçãozinho complicado, quer e não quer, desiste, resiste, volta... Quer falar, não quer falar, teme, tem medo, se espanta ainda com o próprio sentimento, vacila, define, decide, anda em círculos.


Desisti de expressar meu sofrimento
Resisti te chamar mais uma vez
Resisti ao grito ecoando forte aqui no peito

Procurei ao menos tua sombra
Eu queria gritar mas já nem sei se posso
Eu queria perder meu tempo

Quero ser ridículo
Quero se infantil
Quero perder a razão

Mas, resisti à dor do coração
Resisti ao vento forte me empurrando para ti
Resisti, por dentro explodi
Contive minhas mãos, meus pensamentos
Quebrei meu celular, qualquer forma de comunicação
Para sobreviver

Enquanto isso o vendaval passa feroz
Só que o vendaval também está na alma
Como fugir?

Para continuar
Decidi viver ao invés de me matar
Decidi me amar e pensar em mim
Resisti, não quis voltar atrás

Respirar de verdade ou me entupir de cigarro até apodrecer meus pulmões?
Escolhi respirar

(Jackson Angelo)

2 comentários

  1. Muito boa poesia! Sem palavras!

    ResponderExcluir
  2. Que lindo, Jackson, parabéns, meu jovem!!

    Um forte abraço,

    Graça Lacerda

    ResponderExcluir

Para seu comentário ser publicado:
1 - Não faça comentários ofensivos, abusivos, com palavrões, que desrespeitem as leis dos país.
2- Os comentários devem ter relação com a postagem.

 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe