Pesquisar neste blog

Eu acredito em mim

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Fiz essa poesia com base em um e-mail que recebi de uma terna amiga digital. No e-mail ela dizia que eu pude ajudá-la a acreditar em si mesma novamente. Fiquei tão feliz com isso. Porque às vezes nem sei porque ainda blogo. Não sei ganhar dinheiro com blogs. Tenho dificuldade em fazer e manter amizades. Sou muito indeciso em um monte de coisas. Tem dias que só quero viver. Tem dias que não me dá vontade nenhuma de ler as mensagens do formulário de contato.
Tem dias que não quero raciocinar e tenho até preguiça de ligar o computador ou qualquer outra coisa. Adoro dormir e adoro estar acordado. Essa escolha é sempre tremendamente difícil pra mim. Porque dormir e repousar é algo sublime, mas estar acordado todo tempo dá a sensação de que posso aproveitar ao máximo a vida. Porém, esse corpo humano possui limitações de toda espécie. Então, quando durmo misturo uma alegria tremenda pelo sono; por outro lado, penso como seria bom descobrir coisas novas, ler algo diferente. A internet é sempre cheia de novidades. Quanto a gente pensa que já viu de tudo aparece algo novo (pelo menos pra gente).
Então, acreditar em si mesmo acho que é enxergar o potencial que temos. Muitas vezes olhamos apenas pras nossas limitações. Enxergamos apenas os nosso fracassos, insucessos e sonhos não realizados. Damos importância apenas ao que nos aflige, que nos traz dor e tristeza. Mas esquecemos de olhar para coisas que sabemos, fazemos e possuímos que podem nos trazer ainda mais alegrias. Vitórias simples e louváveis como ter saúde, poder andar, ver, comer, não estar sufocado pelo dor física, são esquecidas, desprezadas. É como ter uma unha encravada e se sentir o mais infeliz dos seres, tendo uma mão que pode até mesmo ajudar a consertar essa unha dolorida.
Alimentar a alma de derrotismos nunca é bom. Mesmo sabendo disso, alguns podem se amaldiçoar, escravizando o coração, o pensamento, a vida a diferentes sentimentos negativos, que só criam angústias.


Eu acredito que posso amar meu coração ainda tá aqui
Eu acredito que posso falar minha boca ainda tá no lugar
Eu acredito que posso andar minha perna ainda tá aqui
Eu acredito em mim, em mim, em mim
Eu acredito que posso viver meu sangue ainda circula em mim
Eu acredito que posso pensar minha cabeça ainda tá aqui
Eu acredito que posso amar não sou o último do planeta
Eu acredito em mim, em mim, em mim
Eu acredito que posso sonhar minha esperança ainda tá acesa
Se eu cair creio que posso me levantar
Se eu chorar já espero o sol despontar no horizonte
Se eu falhar, sei que não sou nem o único nem o primeiro nem o último
Se o sinal ficar vermelho, espero o sinal verde abrir
Se o inverno me congelar, espero um verão que clareie e aqueça
Eu insisto em acreditar!

(Jackson Angelo)

4 comentários

  1. Boa noite Jackson,li o que você escreveu sobre ter dias em que não se tem vontade de nada.Passei por 4 cirurgias na coluna e a ultima foi para colocar prótese,mas mesmo com muita dor e limitação,não desisti nunca.Nunca desista,acredite sempre,pois cada vez que vejo seus trabalhos sinto uma alegria imensa e o amor que você passa com seu trabalho.Então eu te digo:EU ACREDITO EM VOCÊ.Que Deus esteja sempre contigo.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia querido!
    Como sempre linda sua poesia.
    Mandei uma mensagem pelo FeedBurner, mas não entendi se a mensagem foi.Você recebeu?
    Um beijo e fica com Deus amigo.
    Sueli Falcão

    ResponderExcluir
  3. Ohhhhh, Jackson!!!!!!!!!!!!
    Você diz coisas tão reais, pra mim!!!
    As vezes sinto exatamente assim...
    Insista, vale a pena, eu sempre venho te visitar, nem sempre comento, porque acho que fica muito repetitivo, mas a verdade é que você ajuda muuuuuuuuita gente, eu então aprendo demais aqui no seu blog,muito obrigada por você existir, viu!!!
    E ser essa pessoa sensível e generosa que você, que além de compartilhar seu conhecimento compartilha também seus pensamentos!!!
    Tenha um excelente dia!!!
    Fique com Deus!!

    ResponderExcluir
  4. Jackson vc...Linda sua poesia.
    amamos vc,minha filha a Gabi te ama é sua fã de carterinha..
    Obrigado pela força...estou volta forte e devo muito isso há vc,qauntas noites em SP lia suas mensagens,chorava muito olhava por espelho e tinha a certeza que vc estava ali do meu lado,isso mim deu uma força enorme de lutar.Em umas das mensagens vc falou que Deus estava em todos os lugares,que eu seria feliz em qualquer outro lugar.Acreditei tanto nisso que hoje sou feliz..Obrigado ANJO DA NET..Bjs Gilvonete..

    ResponderExcluir

Para seu comentário ser publicado:
1 - Não faça comentários ofensivos, abusivos, com palavrões, que desrespeitem as leis dos país.
2- Os comentários devem ter relação com a postagem.

 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe