Pesquisar neste blog

O bruxo do blá blá blá

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Faz alguns anos que penso em bolar monstros em montagens e postar no blog. Na verdade, queria fazerr isso em outro blog. Mas de tanto fazer outros blogs, tenho mais blogs do que postagens.
O que pode ter de edificante nisso? Quase nada realmente! É apenas um exercício de criatividade. Quando falo em criatividade, falo no sentido mais amplo e menos exigente possível.
A idéia é a seguinte: pegar umas partes de imagens separadamente e juntar essas partes até formar algo monstruoso, um ser monstruoso, aberrante.
Olhando pra esse ser será possível pensar: "Monstruosidade! Aberração!"
Eu peço até desculpas (já sinto os boicotes), pois tenho também um lado meio macabro, com humor negro, quase mórbido (no melhor sentido).
Só pra ilustrar isso: não tem pessoas que adoram dar sustos em outra?
Eu tenho uma amiga que é perfeita, calma, sensível, mas o prazer macabro que ela tem mesmo é dar susto nas pessoas, principalmente se são amigas ou da família. Então, tem que ser alguém especial pra ela brincar dessa forma.
Ela me emprestou certo dia uma máscara de King Kong horrorícula (termo ridículo que inventei, significa horrível e ridícula). Assustei todo mundo no trabalho, na universidade e em casa. Claro, claro. Tive que arcar com as consequências. Mas foi muito engraçado.
Por que o ser humano se assusta tanto?!
Eu mesmo me assusto sempre, principalmente no final do mês quando tenho mais contas pra pagar do que dinheiro pra receber. Mesmo assim continuo sendo irresponsabilíssimo.
Então, sei que costumam ligar demais toda essa monstruosidade e aberração a coisas do capeta, Satanás, etc. Mas na verdade, há um grave engano nisso. O diabo engana e leva mais pessoas à perdição pelas coisas que parecem belas, atraentes e que causam atração, e não repulsa.
O diabo foi um anjo, não um monstro. Essa imagem (convencionalizada pela mídia e cultura ignorante) de rabo, garfo gigante, dentes sanguinolentos, cheiro de enxofre, olhos horripilantes, pés enlamaçados não têm nada a ver com a forma que um caído anjo de luz, despencado e expulso do paraíso celestial tem.

Esse algo monstruoso que quero retratar deve representar um tipo de personalidade.
Pensei em denominar esse primeiro monstro de o bruxo da internet ou bruxo do blá-blá-blá.
Sabe aquele subtipo de gente que vive querendo arranjar encrenca, fazer barraco, fazer de tudo pra ter um pé para confusão. Triste da vizinhança ou família que tiver um monstro desses!
Tem cara que chega no bar, bebe as suas biritas, mas o que vai mesmo fazer sua cabeça é arranjar uma confusão custe o que custar.
Tem irmãum (diferente de irmão) que só quer uma desculpa pra mostrar pra trodo mundo que ele é quem detém a verdade, o poder e a chave do amor e da esperança. Seu discurso é todo embasado no ódio, no desprezo e no julgamento vil.
Isso é tão comum na sociedade psicopática e zumbiforme de nossos dias. Na internet, essas mazelas tendem a se estruturar normalmente e de modo que o bruxo do blá blá blá procure e encontre vias que possibilitem a sua ação.

Me vem à memória uma antiga música do "pedralascadiano" grupo "Os incríveis":
"Olha a banana, olha o bananeiro."

Eu trocaria por:
"Olha o barraco, olha o barraqueiro!"





Com vocês o primeiro monstro digital do blog: o bruxo do blá blá blá!

Peço desculpas pela brincadeira e pela macabérrima forma de narrar. O próximo monstro é um político corrupto no poder. Aceito sugestões para cada parte do terrrível ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para seu comentário ser publicado:
1 - Não faça comentários ofensivos, abusivos, com palavrões, que desrespeitem as leis dos país.
2- Os comentários devem ter relação com a postagem.

 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe