Pesquisar neste blog

Fragmentos 3 (coisas que escrevo no diário)

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

"Compensamos a distância dos corpos com a vida das palavras. Assim, um escritor de décadas, séculos e até milênios atrás ainda consegue nos comunicar alguma coisa importante. As Palavras de Deus fizeram o mundo e o universo que se estende no infinito até então. Palavras aproximam e afastam. Palavras fazem nascer e fazem morrer. Palavras entristecem e podem magoar do memso modo que podem nos dar a maior alegria."

"As palavras de Jesus Cristo proferidas milênios atrás aquecem seus seguidores ainda nas mais indesejáveis e contraditórias situações até os dias atuais."

"Na vida real, na vida virtual, nos sonhos, no instante em que as palavras se formam no interior até que elas tenham passagem pra outra pessoa, temos a chance de aprender a nos desviar das bombas subterrâneas desse campo minado que é se relacionar com o outro."

"Queria que o corpo não dormisse; queria ficar acordado também. Adoro ficar acordado, adoro dormir. Adoro correr e adoro ficar parado. Adoro viver, mas adoro desfrutar dos meus sonhos enquanto durmo, principalmente quando me fazem deslizar no infinito."

Como é bom estar frente a frente, sentir o toque amigo, o olhar afável, o rosto alegre, o calor humano. A força da presença, do ser que está neste exato momento do destino próximo de nós. Se nos separamos fisicamente, pelo menos espiritualmente não. Nós nos reconheceremos sempre pela nossa forma de se expressar, de agir. Se um dia o amigo especial se for, no nosso coração ele estará vivo pelo que representa para nós."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para seu comentário ser publicado:
1 - Não faça comentários ofensivos, abusivos, com palavrões, que desrespeitem as leis dos país.
2- Os comentários devem ter relação com a postagem.

 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe