Pesquisar neste blog

Cadê a minha mão?

segunda-feira, 6 de julho de 2009

The Mandolin (Berthe Morisot)

Um sol sem luz
Oceano sem águas
Boca sem palavra
Comida sem gosto
Sementes que não brotam mais
Um céu sem azul
Sem nuvens e estrelas
Sem os pássaros pra cantar
Um pintor que entrou no próprio quadro e se perdeu
Um escritor já sem histórias
Um ator sem personagens pra viver
Pés sem caminhos
Coração que bate mas não canta mais
Olhos sem imagens para ver
Asas sem lugar pra voar
Uma alma sem corpo
Fantasma de ninguém

Caíram os anéis de Saturno
A estrela cadente se perdeu
A bolhinha colorida se partiu
O barquinho frágil afundou
As pétalas voaram para longe
E seu perfume sumiu no ar
O tempo correu veloz
E a vida parou

Onde está você?

Onde estou eu?

Onde estamos nós?

(Jackson Angelo)

Um comentário

  1. Perda de um sentido de vida causado pelo sofrimento, ou um sofrimento que causou perda de sentido de vida, de tudo? O que será que aflige o eu lírico?

    ResponderExcluir

Para seu comentário ser publicado:
1 - Não faça comentários ofensivos, abusivos, com palavrões, que desrespeitem as leis dos país.
2- Os comentários devem ter relação com a postagem.

 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe