Pesquisar neste blog

Estou vivo (conto de Jackson Angelo)

domingo, 21 de junho de 2009


O caixão estava longe de mim. O morto estava longe e seria possível ver tudo o que havia dentro dele. Já havia iniciado sua decomposição. Seu cheiro forte já poderia ser sentido.
Mas, eu me aproximei, eu me lembrei do defunto. Eu me dirigi até o caixão e sei o que havia dentro.
Ao remexer no caixão, o morto já cheirava mal. Que poder tenho eu para ressuscitar um morto? E por que teria eu que ressuscitá-lo?
Mas, eu abri o caixão. E comecei a falar com o morto.
O morto falou-me as mesmas coisas de sempre, as mesmas mentiras, a mesma conversa que nunca tinha sentido. A mesma falta de sonhos, a mesma falta de sinceridade. Estava ainda mais morto, eternamente morto naquele mesmo abismo que projetou em sua volta e dentro de si mesmo.
Por que teria eu que sentir falta de mentiras tão conhecidas?
Por que não deixei o passado ali enterrado?
Aquela página foi virada, completamente compreendida.
Eu queria trazer flores pra ver se o mau cheiro poderia sair. Eu ainda quis conversar, sabendo que não haveria retorno, não seria um diálogo, mas um monólogo. Talvez por acreditar no impossível. Sei... tudo tem seu tempo. O tempo daquele instante, o tempo da tentativa, o tempo da colheita, da proximidade, do afastamento.
E agora tenho o meu caminho para andar e voltar a andar com as minhas pernas, ainda que cansadas.
Estou vivo! Como a mãe que suportou um longo inverno aquecendo seus filhos, sem um cobertor pra si mesma. Como um soldado que foi esquecido pela sua tropa, mas conseguiu chegar ao seu comandante e rever sua família.
Vivo! Cansado, quebrado, exausto! Meio com vontade de ficar parado, em silêncio, Esperando pacientemente pelo retorno das minhas forças. Mas vivo.
Estou vivo.
(Jackson Angelo)

Um comentário

  1. Oi, querido amigo. Passei pra dizer que deletei meu Orkut devido ter virado spams. Manda teu endereço eletrônico. Tenho novidades pra você.
    Minha mensagem de Boa Semana está no Blog. Beijos, Magda Martinelli.

    ResponderExcluir

Para seu comentário ser publicado:
1 - Não faça comentários ofensivos, abusivos, com palavrões, que desrespeitem as leis dos país.
2- Os comentários devem ter relação com a postagem.

 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe