Pesquisar neste blog

GIMP - Programa gratuito pra pôr molduras nas fotos e trabalhar com imagens

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Tinha esquecido do Gimp. Já utilizei-o alguns anos atrás. É muito bom e tem vários plugins, recursos semelhantes ao Photoshop, ferramentas muito bem definidas e trabalha as imagens de modo eficiente. Algumas vezes, dava alguns problemas na execução de alguns plugins. Mas, vale à pena tentar usar o programa e pra montar a foto e a moldura sem se preocupar com copyright é a opção ideal.
A característica talvez mais estranha do programa é ele trabalhar sem o padrão de desktop dos progrtamas em geral: ele apresenta os menus e a área da imagem. Mas isso você vai tirar de letra. só não estranhe, ele é assim mesmo.

Com um pouco de sofrimento, por desconhecer totalmente o funcionamento, atalhos e comandos do programa, em cerca de 30 minutos, sem consultar a apostila, consegui fazer a seguinte junção de moldura e foto:

Com o auxílio da apostila, futuramente esse tempo vai ser bem menor. Isso sempre ocorre quando você está muito acostumado com um programa e, de repente, vai utilizar outro, não estranhe! Nesse aspecto, não há diferença nos resultados. O Gimp também tem brushes, plugins, efeitos e tem muitos sites que ensinam várias coisas que você/eu pode fazer com ele.

Principais características do Gimp, segundo Wikipédia:

O GIMP é muito utilizado para processamento de imagens e fotografias exibidas na Internet. Seus usos incluem criar gráficos e logotipos, redimensionar fotos, alterar cores, combinar imagens utilizando o paradigma de camadas, remover partes indesejadas das imagens e converter arquivos entre diferentes formados de imagem digital.
Assim como o uso interativo, o GIMP pode ser inserido em scripts e chamadas de sistemas em programas compilados. Para isso pode-se usar, Scheme (ou ScriptFu), Perl, Python, Tcl, Ruby, e programas capazes de executar comandos UNIX.
Isso permite se escrever plugins e scrips que utilizem o vim sem interface com o usuário; é possível, por exemplo, produzir imagens para uma página web utilizando scripts CGI, ou realizar correção de cor ou redimensionamento de imagens em lote.
Formatos de ficheiros - O formato nativo de imagens do GIMP é o XCF que possui muitos recursos extras como imagem em camadas (layers). O GIMP também pode abrir, editar, converter e gravar nos formatos SVG, Ico, BMP, PSD, GIF, JPG, PNG, TIF e outros formatos. Podem-se usar programas como o QCad para o formato CAD e o programa freewrl para os formatos VRML / X3D.
No site da Info tem uma descrição primorosa do programa:
O Gimp um programa de edição de imagem, de código aberto, criado por Spencer Kimball e Peter Mattis. Nas palavras deles, o "GIMP é a resposta para a falta de um software de edição de imagem no mercado que seja realmente de código aberto ou tenha um preço razoável. Ele funciona com as plataformas Windows e Linux. Tem ferramentas e filtros especiais para melhorar a qualidade das fotos e das imagens. O Gimp não custa nenhum centavo.
DOWNLOAD DO GIMP PORTÁTIL:
Uma versão portátil em português do programa pode ser baixada no link:
http://switch.dl.sourceforge.net/sourceforge/portableapps/GIMP_Portable_2.6.6.paf.exe
Eu mesmo baixei essa versão e funcionou sem problemas até aqui.

Para o usuário mais comum e que deseja fazer montagens para Orkut, cartões, convites, cartazes, menus, até mesmo com acabamento profissional, ele apresenta suficiência de recursos.

Na página http://www.tuxresources.org/blog/archives/183 há 16 lições excelentes (DO TIPO VÍDEO-CURSO) sobre os recursos, características e utilização do programa. Recomendo uma leitura caso exista interessa em conhecer e usar o programa.

Uma boa apostila sobre o Gimp pode ser baixada aqui: Apostila de Gimp (4SHARE).

Um ótimo indicador de links sobre o Gimp, certamente, é a página:
http://www.estudiolivre.org/gimp

Qualquer dúvida, vá no Google ou nos sites indicados, pois também tou começando agora. Não pretendo migrar para ele no momento, mas se quiser algo gratuito, sem se preocupar com pirataria ou ter de comprar um, o Gimp é uma excelente alternativa. Obviamente, há recursos e praticidades que o Photoshop tem que não vai encontrar nele. Boa sorte!

Um comentário

  1. Amo você e seus trabalhos...
    Você ainda vai longa garoto.
    Um abraço de Papai do Céu pra você!

    ResponderExcluir

Para seu comentário ser publicado:
1 - Não faça comentários ofensivos, abusivos, com palavrões, que desrespeitem as leis dos país.
2- Os comentários devem ter relação com a postagem.

 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe