Pesquisar neste blog

Os Dalits da Índia - Um Brasil e meio em miséria e sofrimento

terça-feira, 21 de abril de 2009

Copyright da foto: indiagestao.blogspot.com (tenho certeza que ela não vai reclamar comigo)

Só acreditei nas informações que recebi por e-mail porque conferi no blog indiagestão.blogspot.com, que educadamente cita a fonte da informação e reafirma seu conteúdo. E conferi também no site original da informação.
O texto trata dos Dalits, um povo que, muito mais do que qualquer grupos de excluídos do Brasil, levam uma vida de exclusão social, preconceito e humilhação na Índia. eles são conhecidos como "os intocáveis". Preste atenção no número 300 milhões de Dalits, muito mais do que a população brasileira de cerca de 180 milhões de habitantes!!
O nome Dalits, conforme vários sites na internet, significa quebrado, oprimido. E foram eles mesmo que escolheram esse nome.
Os Dalits são os "intocáveis", ou impuros. Pelo título dá pra entender bem como as coisas funcionam pra eles. Estão abaixo da última das quatro castas, a dos camponeses e artesãos, na Índia. Na Wikipedia há uma explicação claríssima porque eles são intocáveis:
"Os intocáveis na sociedade Hindu são aqueles que trabalham com trabalhos indignos, sujos, com o morto (animal e/ou humano), amontoados de cadáveres e outros empregos que lhes mantêm em constante contato com aquilo que o resto da sociedade indiana considera nojento e desagradável. Essas ocupações, entretanto, não são consideradas apenas como coisas nojentas que, não obstante, não devem ser feitas a alguém: eles são considerados individualmente sujos, e assim não podem praticar contato físico com os "não-sujos", as partes mais puras da sociedade. Vivem separados do resto das pessoas. Ninguém pode interferir na sua vida social, pois os intocáveis são os últimos no ranking social, são considerados menos que humanos e não são considerados parte do sistema de castas."

Sempre cito a fonte por último, mas gostaria de fazer desde agora:
Por Gospel for Ásia – Dalit Awakening (tradução livre) http://www.dalit-awakening.org/index.html.
Página atual: http://www.gfa.org/dalit.
Fotos: http://www.gfa.org/dalit/photos

Vejamos o texto:

Poucas pessoas no mundo tem experimentado um nível de abuso e pobreza como os 300 milhões de Dalits ou "intocáveis" da Índia.


Por 3.000 anos eles tem vivido num ciclo de discriminação e desespero sem esperança de escape. Para os Dalits, dor e sofrimento são parte da vida. Eles estão presos a um sistema de castas que nega a eles adequada educação, água potável, empregos com decente pagamento e o direito à terra ou à casa própria. Discriminados e oprimidos, Dalits são freqüentemente vítimas de violentos crimes. Em 15 de Outubro no Estado de Haryana, cinco jovens Dalits foram linchados por uma multidão por tirarem a pele de uma vaca morta, da qual eles tinham legal direito para fazer. A Polícia, segundo consta, ficou parada sem nada fazer e permitiu que a violência continuasse.

Embora leis contra a descriminação de castas tenham sido aprovadas, a discriminação continua e pouco é feito para processar os acusados. Em anos recentes, porém, tem havido um crescente desejo por liberdade entre os Dalits e castas baixas hindus. Líderes como Ram Raj tem vindo a frente exigindo justiça e liberdade da escravidão das castas e da perseguição. Um detalhada "Carta dos Direitos Humanos dos Dalits" foi redigida com apelos para a Comunidade Internacional e para a ONU, na esperança que isto colocaria um pressão positiva sobre o Governo Indiano. Mas pouco tem mudado – até recentemente.
Em Outubro de 2001, líderes Dalits se encontram com 740 líderes cristãos na Índia em uma histórica reunião. Eles concordaram em permitir que as pessoas sigam a Cristo, se estas pessoas decidirem por isso. Os líderes cristãos, em troca, se comprometeram ajudar esse movimento em massa, apesar dos riscos envolvidos. Originalmente, alguns anos atrás, o líder Dalit (especificamente Ram Raj e outros) tinham se encontrado com certos cristãos na Índia que tinham recusado aceitar este esmagador número de pessoas em suas igrejas. Desencorajado, os líderes Dalits, como o líder Dr. Ambedkar então se converteram ao Budismo.

Fatos sobre os Dalits:
• A cada dia, três mulheres Dalits são estrupadas;
• Crianças Dalits são freqüentemente forçadas a sentarem de costas nas suas salas de aula, ou mesmo fora da sala;
• A maioria das pessoas das castas altas evitarão terem Dalits preparando a sua comida, por medo de se tornarem imundos;
• Em muitas partes da Índia, Dalits não são permitidos entrar nos templos e outros lugares religiosos;
• 66% são analfabetos;
• A taxa de mortalidade infantil é perto de 10%;
• A 70% são negado o direito de adorarem em templos locais;
• 57% das crianças Dalits abaixo da idade de quarto anos estão muito abaixo do peso;
• 300 milhões de Dalits vivem em Índia;
• 60 milhões de Dalits são explorados através do trabalho forçado;
• A maioria dos Dalits são proibidos de beber da mesma água que os de castas mais altas.

Esse último fato sobre a falta de coragem dos líderes cristão me deixou muito decepcionado. Mas eles devem ter suas razões. O fato é que ele podem recusar, mas Deus NUNCA faria isso.

Um pequeno com legendas em inglês com relatos dos Dalits sobre suas vidas enquanto "intocáveis"



Mais alguns sites em português com informações a respeito dos Dalits:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Dalit
http://www.wcc-assembly.info/po/programme/spiritual-life/bible-studies/the-world-of-untouchables-in-india.html

Em inglês:
http://www.idsn.org/ (International Dalit Solidarity Network - IDSN)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para seu comentário ser publicado:
1 - Não faça comentários ofensivos, abusivos, com palavrões, que desrespeitem as leis dos país.
2- Os comentários devem ter relação com a postagem.

 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe