Pesquisar neste blog

Afogamento simulado ou Waterboarding - técnica de tortura

terça-feira, 21 de abril de 2009

Lendo a matéria "CIA usou técnica de afogamento 183 vezes em acusado pelo 11/9", aprendi o que vem a ser waterboarding (parece até nome de esporte!). Acho que não é algo difícil de aprender a praticar, como toda tortura e maldade. Apesar de parecer nome de algum esporte, espero que quem o faça noutro ser vivo não encare como prática desportiva.
Vejamos a descrição dessa prática de tortura, conforme a Wikipedia, de quem sou fã e usuário incondicional.
"O afogamento simulado e uma forma de tortura na qual a pessoa é deitada de costas e imobilizada, com a cabeça inclinada para trás (a chamada "posição de Trendelenburg"), e água é lançada sobre a face e para dentro das vias respiratórias.[1] Por meio do sufocamento forçado e da inspiração de água, o torturado passa pelo processo de afogamento e é levado a acreditar que a sua morte é iminente.[2] Diferentemente da prática de apenas submergir em água o rosto do torturado pela frente, o afogamento simulado provoca, quase que de imediato, o reflexo faríngeo.[3] Embora nem sempre provoque danos físicos duradouros, o afogamento simulado inclui o risco de dor intensa, danos aos pulmões, dano cerebral causado pela falta de oxigênio, ferimentos (inclusive fraturas ósseas) causados quando o torturado se debate contra as amarras e até mesmo a morte.[4] Os efeitos psicológicos podem perdurar por anos após o procedimento.[5]"
A Wikipedia acrescenta que essa técnica foi utilizada no Brasil durante o período de regime militar e que na América do Sul essa técnica também é conhecida como submarino.
Quanta imaginação e quanto conhecimento de causa e efeito a serviço da humanidade. De modo algum, concordo com o que aconteceu em 11/09. De modo algum defendo a injustiça.
A exemplo da intoxicação do ar pelos gases causadores do efeito estufa, que não eram considerados prejudiciais à saúde pela EPA (Agência de Proteção Ambiental Americana), essa técnica ainda não é considerada tortura pela CIA. Essa instituição de defesa americana utiliza ainda outras técnicas de interrogatório que não considera tortura: Privação do sono, nudez, Manipulação dietética, Tapa na barriga, "Agarrar" a atenção, Tapa no rosto, segurar o rosto, Banho de água gelada, Em pé contra a parede, Posições de estresse, Confinamento apertado, Confinamento com insetos e "pendurado". Ver conceitos e "bula" em BBC BRASIL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para seu comentário ser publicado:
1 - Não faça comentários ofensivos, abusivos, com palavrões, que desrespeitem as leis dos país.
2- Os comentários devem ter relação com a postagem.

 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe