Pesquisar neste blog

OUVIDOS PARA OUVIR

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

O ator Val Kilmer certa vez afirmou: "Tendemos sempre a amar quem nos ouve."
Ouvir é uma arte, principalmente, quando os ouvidos aprendem a descortinar a necessidade mais profunda do ser humano. Ouvir a nós mesmos, ouvir quem nos fala, ouvir Deus no silêncio e no meio das tempestades, ouvir, ouvir. Ouvindo muito, entendendo bastante, aprendemos a falar menos e melhor.
Isso é tão importante que a bíblia exorta todos a ouvirem: "Quem tem ouvidos para ouvir ouça"
(Mc.4:9 e 23 e 7:16, Lc.8:8 e 14:35). OUVIDOS PARA OUVIR, quer dizer que nem sempre queremos nos dar a este "sacrifício" de ouvir as pessoas, pponderando com sobriedade suas palavras. E não é pra ouvir qualquer um não, de qualquer procedência, qualquer tipo de palavra: "Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas." (Apo. 2:7, 11, 17 e 29 e 3:6, 13 e 22) , "Agora, pois, filhos, dai-me ouvidos, e não vos desvieis das palavras da minha boca" (Provérbios 5:7).
É importante nesse sentido diferenciar as vozes: "As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu as conheço, e elas me seguem.» (João 10:27). A este a ovelha segue. Até o cachorrinho reconhece a voz do seu dono. Tem um versículo maravilhoso que diz "Pois o ouvido prova as palavras, como o paladar experimenta a comida" (Jó 34:3). Se a comida é amarga, se está podre imediatamente o paladar acusa, e aquela comida pode ser rejeitada e imprópria para alimentação. No exercício do ouvir ocorre o mesmo. Há palavras que devem ser rejeitadas, pois estão podres, inadequadas pra nosso ser, nossa mente, nossa alma. E isto inclui o que falamos pra nós mesmos. É importante refletirmos bem sobre o que falamos ou temos falado pra nós mesmos em nossos julgamentos e pensamentos.
 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe