Pesquisar neste blog

As crianças são a base do futuro

segunda-feira, 31 de março de 2008

P. Hollingworth: "Todas as crianças, todas as situações, todo o tempo, em todo lugar."

Image Hosted by ImageShack.us

Óleo de citronela para prevenção da dengue (Revista Bons Fluidos)

Como é de conhecimento nacional, há uma epidemia de dengue no Estado do Rio de Janeiro e em outras cidades do Brasil. É importante que todos nós estejamos conscientes e, de acordo com o Ministério da Saúde, a prevenção é a melhor alternativa.

Óleo de citronela para o corpo

Misture uma parte de óleo essencial de citronela com duas partes de óleo de amêndoa, uva ou camomila. Para bebês, a mistura pode ser mais diluída, feita com uma parte de óleo essencial para três de óleo-base.

Dentro de casa

Para ambientes com até 16 m2, pingue três gotas do óleo essencial de citronela na água de um difusor (peça de cerâmica encontrada em farmácias homeopáticas e casas especializadas em aromaterapia). Se necessário, renove a água com essência a cada cinco horas. A aromaterapeuta Maria Mizrahi recomenda ligar o aparelho duas ou três horas antes da utilização do ambiente, pois o aroma é cítrico e pode irritar as vias respiratórias ou causar sensação desagradável.

Fonte:
Revista Bons Fluídos
Texto: Ivany Turíbio

TUTORIAL: Como deixar dentes brancos em uma foto

Neste tutorial é possível aprender a clarear dentes facilmente no Photoshop. Muito fácil mesmo! Assista o vídeo e boa sorte!

Motos em miniatura criadas com peças de relógios (Powerpoint)


José Geraldo Reis Pfau
Motos em miniatura criadas com peças de relógios (vou até tentar fazer uma)
Download aqui

Quando eu e você estamos juntos

domingo, 30 de março de 2008


Quando eu e você estamos juntos
Mesmo coisas muito difíceis se tornam
fáceis

As pessoas são feitas para serem amadas

As pessoas são feitas para serem amadas



E as coisas são feitas para serem utilizadas
Mas a confusão no mundo é…



As pessoas estão sendo usadas…
E as coisas estão sendo amadas…




Vamos Mudar isso hoje….



Lembre-se que um pequeno amor toma um longo caminho
E muitas coisas se vão para sempre
Lembre-se que a amizade é um sábio investimento
Os tesouros da vida são as pessoas... unidas


Continue sorrindo!!!!!!
Ame e seja amado!! Seja feliz!!!!!

Mensagem recebida por e-mail, em inglês, sem citação das fontes. Tradução e formatação minha.

AMO CHOCOLATE (FRAME, PNG)

Os diamantes são "eternos", valem uma fortuna. Mas... mas se eu estiver perdido, sedento e faminto em um deserto, com poucos minutos de vida, devo ter consciência de que uma banana vale muito mais, pois terá poder de salvar minha vida.
Se encontrar um chocolate, então... é festa!!!
Download: clique na imagem!

Conhece alguém que ama chocolates?????????!!!!!!!!!!!!!
DIMENSÕES: 1794X1206 PIXELS; FORMATO PNG


http://www.4shared.com/file/42488238/a08b301/Amo_chocolate.html

O mais amoroso Teddy Frame (jpg)

Esse frame é totalmente fofo! Perfeito para quem ama. Digo amor sem fanatismos ou terrorismo de idéias e conceitos ou exigências filosóficas, textuais, bibliográficas, anímicas, blá-blá-blá!!!. Se acha que está sentindo algo especial, se expresse. Tudo aqui é passageiro e o tempo passa muito rapidamente.
DOWNLOAD: CLIQUE NA IMAGEM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Que seja infinito enquanto dure...

Frame verdamarelou! (png)

Download: clique na imagem!

user posted image

Imagens de meninos aniversariando (png)

Download: clique nas imagens!

http://i047.radikal.ru/0803/cf/6215695260c7t.jpg

http://i030.radikal.ru/0803/c0/bbd32464b57et.jpg

Em momentos frios só a brandura do amor pode aquecer (png)

Download: clique nas imagens!

user posted image user posted image

Todas as flores do mundo pro teu coração (frames, png)

Download: clique nas imagens!

user posted image user posted image
user posted image user posted image

Lindo frame: romântico, aconchegante pra alguém especial! (png)

Download: clique na imagem!
Excelente resolução, acredite!
user posted image

Converse com sua casa



Sua casa tem muito o que contar.
Comece agradecendo a ela por tudo o que ela tem lhe proporcionado.
A louça tá suja, sabão nela.
Tá cansado (a)? Travesseiro, sofá, chão, rede.
Sem tempo? Ok. Posso reclamar um pouco, mas não me desanimar.
Tá. Hoje, me desanimei. Mas, tenho aprendido a tirar forças, a me recuperar.
Hoje pode ser um daqueles dias em que me sinto sufocada.
Quero a melhor música.
Meus ouvidos pedem silêncio. Muito silêncio.
A rotina cansa. Preciso sair um pouco com meus amigos.
Nenhum deles está disponível.
Os meu telefone não toca. Os que tento contato não atendem.
Cama. Minha caminha...
Só Deus pra não negar ouvidos, só ele pra lhe carregar nos próprios braços, quando cair cansadinha, fraquinha.
E acordar. Peça a Deus esperança! Ele vai lhe ouvir em tudo!
Aproveite o tempo conversando com seus botões. Converse com a parede. Só um pouquinho. Com as plantas do jardim. Com a descarga do banheiro. Com o vento. Nenhum deles tem lhe deixado só.
Puxa! Nada é pra sempre, uma hora ou outra qualquer coisa pode mostrar sinais de cansaço. Aí, tome cuidado. Substitua quando, como e o que for preciso, mas sempre com gratidão pelo que se foi.
Com muito amor e respeito, principalmente quando sai do seu próprio bolso.
Sua casa é um pouco ou muito de você. Ela vai falar por você na sua ausência. Vai indicar seu temperamento, sua alegria, o que você gosta de fazer, as cores que lhe deixam se sentindo bem.
Fale com os copos, bules, xícaras, bandejas.
Você está sempre querendo algo novo pra ela, né? Mais um companheiro pras suas noites, pros seus dias, pro jantar, pro café da manhã, pro almoço, pra receber seus amigos e não deixar uma impressão negativa pros que reparam em tudo, procurando as mínimas falhas. É cada tipo de gente que francamente.
E a casa tem que vencer isso também.
Fique firme. Isso tudo fica aqui.
Um travesseiro fofinho e limpo, um merecido descando depois desta batalha que só você sabe como tem suportado.






Wallpaper: Foi Deus quem escreveu nosso amor

sábado, 29 de março de 2008

Download: clique na imagem
1024x759, 290 KB


EUMESMÊS

sexta-feira, 28 de março de 2008


EUMESMÊS (Jackson Angelo)

Quantos somos dentro de nós mesmos?
Digo, Quantos sou dentro de mim?
Uma queda... que vai... caindo em si mesma... e nunca acaba
Nunca se farta de ir caiiiiiiindo
Uma pena leve que viaja com o vento do destino
E vai devagar seguindo o desconhecido
Sem medo de se perder
Sem intenção de se achar
Apenas não se levar tão matematicamente a sério
Esse eco do ego onde termina?
Sou tão pequeno, interrompido, mal-crescido
E tão dividido
Não é nada original pensar assim
Até os mais loucos já se questionaram
Até os mais normais já se perguntaram
Mediocridades em mediocridades
Sem alemão, sem inglês, sem japonês, sem chinês
Em meu português, em "eumesmês"
Abri a janela pra você me ver
Não sou belo
E não sou perfeito
Mas, sei que Deus só pode dar o melhor de si mesmo
Não sou um príncipe
Nem rei, nem herói
Nem meus músculos divinizam minha masculinidade
Nem Esparta Nem Creta nem Olimpo nem Éden
Eu em pessoa
Senta aí e me olha nos olhos
Por que do que adianta te mostrar a paisagem mais exuberante
Se você não explorar a minha fauna?
E ver as feras e animais graciosos que me habitam
Meus insetos, meus besouros, minhas onças,
Meus vermes, moscas e escorpiões
E minha flora com jardins e desertos
As minhas areias movediças
As pontes velhas e sem segurança, as cidades destruídas
Bem, aqui estou eu
Simplesmente, eu mesmo
Não tenho Photoshop, nem botox, nem iate
E ninguém me conhece
Mas, sou eu e você pode tocar
Apesar d

FRACTAL DE MÃOS


O homem que não tem imaginação, não tem asas (wallpaper, jpeg)

Download: clique na imagem!


Pense em coisas alegres (fotomensagem)


Pense em coisas alegres. Aprenda a encontrar contentamento nas coisas simples!
Download: clique nas imagens!

UM DESPERTADOR REVOLUCIONÁRIO

Se seu sono é forte, taí uma possível solução!

Image Hosted by ImageShack.us

Ninguém perdoa com mais graça e amor do que uma criança (jpeg)


Download: clique na imagem!!
10234x768, 219 KB

Mensagem:
"Ninguém perdoa com mais graça e amor do que uma criança."

Um carro todo desmontado


Tou já chegando com flores!

Mensagem:
"Papai,
Levo flores pra ti
Que rego com meu coração
Por isso, sei
Que elas chegarão vivas!

Tou já chegando!!!"

Download: clique na imagem!


HOJE! HOJE! DIGA, HOJE, QUE VOCÊ A AMA, QUE VOCÊ O AMA, QUE AMA A TODOS



Não perca tempo! Há alguém que pode estar precisando, bem pertinho de você. Você sabe onde eles estão e como encontrá-los. É rápido e pode operar milagres. Diga a ela que você a ama. Diga a ele que você o ama. Se der que os ama demais. Se possível, abrace. Se tiver forças, abrace bem forte! Se tiver algum rancor, perdoe dentro de si mesmo, não espere que alguém lhe peça. Se é especial, não ligue pra cara fechada, chegue lá, audaciosamente, e diga que está tudo bem! Que o problema é muito pequeno. Afinal, todos erram.
Tantas nuvens negras podem ser dissipadas assim!
Não desista de amar. Tenha uma ótima semana!
Abra seu coração pra Jesus!

Tenha um ótimo dia

quarta-feira, 26 de março de 2008


Image Hosted by ImageShack.us
Tenha um ótimo dia (Jackson Angelo)

Mentalize a paz no seu coração. Lembre-se das coisas boas, dos bons momentos. Só por hoje, em alguns minutos, em alguns instantes, procure dar trégua aos seus questionamentos. Respire fundo. Já há tantos inimigos fora de mim, por que ainda pôr mais soldados do mal no coração? Colocar minha vida como um troféu de derrota?
Parece que todo texto ou argumento que se use em prol da paz tem um sentido imperativo. O verbo está sempre dando ordens. Por outro lado, dar ouvidos à tristeza implica em uma forma destrutiva de obediência.
O sentimento de que nada deu certo nem pode dar mais certo não podem afugentar de mim o direito de ser feliz, o direito de fazer coisas em prol da minha alegria.
Ainda tenho vida e ainda tenho imaginação.
Não pode ser tão complicado quanto parece tomar uma decisão acertada.
Nem pode ser tão lastimável errar quando a gente pode aprender algo melhor pra ser usado no futuro, pra experimentar e compartilhar o que aprendemos com os outros.
Não fui o primeiro que dei um passo pra trás. Não fui o primeiro nem o último que vacilou.
Por que tenho que temer essa natureza falível? Sempre há algo para aprender.
Se tudo for mecânico e automático, qualquer um se torna escravo do imediatismo.
Não pode ser tão invencível o sofrimento de um problema quando se tem esperança de uma vida eterna.
Também não vou lembrar disto. Não vou lembrar os leões que comeram vivos os cristãos. Não vou fazer do meu dia a dia uma glutonaria dos problemas em meu ser. Triste por isto, triste por aquilo. Nem de um sorriso superficial ou momento passageiro e aparente símbolos de minha glória.
O que vivo é pra mim mesmo. O que sinto tem que ser sincero. O que eu expressar tem que vir do coração de verdade.
Tem momentos em que não é necessária nenhuma forma de hipocrisia.
Se estou diante de um espelho, principalmente da alma, por que não prestar atenção melhor no meu próprio rosto?
E por que não agradecer pelo menos pelo simples fato de poder me ver?
Dentro do que pude fazer, não sei se dei o melhor de mim, mas procurei ser verdadeiro neste melhor.
Não vou me incomodar se as lágrimas não cessarem muito menos se nenhuma delas parece ter sentido. Sejam livres as lágrimas e os sorrisos.
Nada impede que eu use o melhor perfume se não vou sair de casa. Nem use a melhor roupa se for pra dançar com meus próprios sentimentos.
Esta não é a hora de dormir, mas vou obedecer esse sono. É tão bom descansar. Posso vencer o relógio por algum tempo.
Vencer o tempo sem me agarrar a idéia de envelhecer e pouco a pouco me tornar um ser que se enfraquece a cada ruga.

Wallpaper "?" (jpeg)

terça-feira, 25 de março de 2008

Download: clique na imagem. Excelente pra montagens!




Algumas perguntas que me vieram à cabeça:

Quem somos nós?
De onde viemos?
Podemos ser sinceros uns coms os outros?
Devemos aceitar as diferenças com respeito?
Podemos ser quem verdadeiramenter somos?
Expressar o que realmente acreditamos?
É seguro andar por estas ruas?
Estar fora dos prédios, dos carros, dos quartos?
Alguém aqui tem medo de se expor?
De dizer o que pensa?
De dizer o que realmente quer?
Quais sãos os teus propósitos de vida?
Qual é o teu projeto de vida?
Somos todos iguais mesmo?
Até que ponto podemos exigir igualdade?
Posso questionar tudo o que me é apresentado como verdade?
Podemos co-existir pacificamente?
Ver nossas faces significa ver quem somos?
Aquele a quem nunca vimos é a Verdade?
Se sim, por que precisam olhar em nossos olhos para saber se mentimos ou não?

SEM NEURAS

segunda-feira, 24 de março de 2008




Achei essa foto sensacional. Alguém que não parece se render à ditadura de cirurgias, químicas, massagens, regimes, etc, etc, na ritualística transmutação dos seres humanos e, principalmente, dos endeusados artistas. Pode até ter feito algum artifício. Mas, sua velhice parece simples e pacífica.
O maiô discreto, a toalha super simples. Em posições e gestos sem nenhum tipo de incômodo.
Uma pessoa humanamente comum, curtindo algo ainda comum: água. Achei sua velhice muito digna. Não é uma beleza construída com bisturis e aditivos, antioxidantes, alcalinos, emolientes e gases nobres, mas transmite coragem de enfrentar o grande desafio que é envelhecer.
Com relação aos artistas, pode-se dizer que há inúmeros ditames, opiniões, julgamentos e cobranças que podem existir em relação a eles. Os tiranos imperativos da estética, que desumaniza a própria concepção estética, e torna as pessoas ainda mais sombras e aparentes do que já são obrigadas a ser.
Esta senhora mantém sua calma. E se adentra no mar da vida. É uma mulher comum, acima de tudo, ainda vive, deve ter seu livro negro como qualquer ser humano. Ela se dá ao direito de ser sobriamente ela mesmo.
Ela parece aceitar humildemente e sem neuras seu corpo natural.
Com relação aos artistas, digo que os X-Men mutantes estão entre nós: são faces e corpos que assumem vozes e posturas que também não são propriamente deles.
Tanta gente de rosto artificial. Rindo na tela, mas sem nenhum sinal de simpatia. Puxa! Me revolta ter que pagar a conta de energia por conta de alguns.
Tanta gente sem talento! Tanta gente sem dom, tão normal, tão glamour brasilis. Mas, em nada refletindo a múltipla alma do brasileiro.
Novelas que não dizem nada a respeito de nossa odisséia sofridíssima e complicadíssima enquanto brasileiros. Vivemos tantas ironias, tantas desgraças simultâneas. O massacre é vertiginoso e flui em todas as direções.
Quando se ouve um artista no disco, há tanta mutação na voz, tantos efeitos. E olha que o resultado nem sempre é bom!
A pessoa se torna um desconhecido físico dela mesmo, um corpo estranho, em que nada é ela. Esse corpo, esse cabelo, essa pele são produtos pelo quais eu paguei e paguei muito bem pago.
Não bastassem estes ARTIFÍCIOS, o visual ainda é complementado com muita maquiagem e depois, em divulgações midiáticas, com os retoques de 3-d Max, Photoshop, Corel Draw, etc.

SEM NEURAS..................

Palavrinha de Charlotte

Pude para rever uns pedacinhos do desenho "A menina e o Porquinho" (1972; Hanna Barbera e Sagittarius; produção baseada no livro Charlotte's Web, de E.B. White), que, basicamente, narra a amizade fiel vivida intensamente entre Charlotte, uma aranha inteligente e "escritora", e Wilbur, um porquinho cujo destino seria o básico: crescer, engordar e servir de alimento.
Achei graça em Wilbur, primeiramente, pela sua inadequação "social". Ele foi considerado anão pelo seu proprietário, sr John Arable, por isso, segundo ele, deveria ser sacrificado, pois não conseguiria sobreviver; sua morte seria apenas uma aceleração do processo. Ele, contudo, achou graça aos olhos de sua filha, Fern, que implorou pela sua vida, dizendo que seria uma injustiça e argumentando com o seu pai: "Se eu tivesse nascido anã, você também teria me sacrificado?". Seu pai comovido concordou e o deu de presente a Fern.
(Só aqui já dá tanto o que falar e pensar. Mas, só quero falar de umas palavrinhas de Charlotte.)
Fern criou o porco com toda delicadeza e atenção, como uma mãe bondosa que cria seu recém-nascido.
Ao crescer muito, contrariando as expectativas, John Arable decide vendê-lo para o fazendeiro Homer Zuckerman. Sua despedida de Fern foi emocionada. Mas, ela o visitaria na fazenda.
Em seu novo endereço, Wilbur encontra uma galerinha de animais simpáticos e engraçados, a típica fauna de uma fazenda.
Aprende a falar e enfrentar a dura realidade do destino: a luta pela sobrevivência, muitas vezes em condições inesperadas e que entristecem. Contudo, encontra alegria nos amigos que vai cultivando na fazenda. Cada um com uma história para contar e um destino para cumprir. E novamente o poder de escolher é muito limitado, reduzido a poucas alternativas. Só através das amizades é que essas limitações encontram algum consolo.
O grande amigo que encontrou foi Charlotte, uma aranha chique, inteligente, criativa e que possui o dom de escrever em suas teias. Ela faz de tudo para usar seu dom e inteligência para salvar o Wilbur de um destino doloroso para ele. De uma forma ou de outra, ele sempre está sendo sentenciado à morte. A idéia de Charlotte foi fazer com que as pessoas acreditem que ele era um pouco diferente, especial e era isto que ela escrevia nas suas teias. Ela argumentava que as pessoas dão muito crédito ao que lêem. O que me chamou atenção foi que quase ninguém conseguia ver que quem era muito especial mesmo era Charlotte e seu dom. Tá: coisa de ficção!!! Acho, apesar do aspecto ficcional, que é uma verdade que permanece: a imagem de muitas pessoas é feita pelo trabalho, inteligência e ação de outros.
Charlotte conseguiu seu intento. E Wilbur escapou do seu "infalível" destino: "Ele vai morrer até ficar bem velhinho"
Uma palavrinha de Charlotte me tocou muito. Em seu último diálogo, ela fala sobre a vida das aranhas. Wilbur lhe pergunta por que ela fez tudo aquilo por ele; Charlotte responde que ele tem sido seu amigo e isso já era uma coisa tremenda
"Afinal, o que é a vida mesmo? Nós nascemos, vivemos um pouco e morremos. A vida de uma aranha não deixa de ser uma coisa meio confusa com todas essas teias e comendo insetos; te ajudando, talvez eu estivesse tentando melhorar um pouco a minha vida."
E fiquei pensando em como a gente pode lembrar um pouco dos outros em nossos poucos momentos de vida, tentando ajudá-los a se sentir melhor, ter um rostinho mais alegre diante das tremendas dificuldades e destinos até cruéis que a vida parece impor. Esquecer um pouco a confusão das nossas próprias teias (nosso viver). Uma teia é matematicamente repetitiva. Sua forma chega a parecer, em certos trechos, um labirinto monótono. Vale o esforço para ter amigos, pessoas que gostam de nós pelo que fizemos, pelo tanto que nos damos, ou pelo fato de ser amigo sem nada pedir, sem nada questionar, com respeito, com carinho. Ainda acredito nisto. Sem fazer dos outros uma extensão nosso eu, do nosso orgulho, do egoísmo, de interesses que eles nem fazem idéia, sem hipocrisia. Amizade é realmente algo muito especial.
Nisto me vem à mente a palavra de Jesus Cristo: "Não existe amor maior do que este: de dar a vida pelos seus amigos". Foi a própria Verdade, o próprio Caminho, falando acerca da amizade. Foi Jesus quem disse e isso é maravilhoso. Jesus nos considerou amigos. Mas estabeleceu uma condição: "Vós sereis meus amigos se guardardes os meus mandamentos".
Ocorre que o sentido de obedecer foi paulatinamente "prostituído" pela mídia. Obediência é sempre ouvido de modo pesado, doloroso. Não foi para isto que os mandamentos de Deus foram criados, mas para que todos tivessem vida em abundância. E essa vida não é dinheiro, não é glória terrena, casarão, títulos, petróleo. É ser amigo de Jesus, é ter sua compreensão. Isto já é outro assunto.

Templates de costumes em jpeg

Alguns tem que ser trabalhados com certa paciência no Photoshop para obter o posicionamento ideal do rosto na composição.

Gostei muito da gueixa, do imperador romano e do Lorde de smoking.
Costumes, roupas, indumentária, isso é história!

Arquivos hospedados no radikal.ru. Para baixar clique na imagem desejada.














 

Estatísticas

Blogger WidgetsBlog statistics Widget For Blogger

Link-Me

Receber atualizações por e-mail

Enter your email address:

Provido por FeedBurner

Seguidores do blog

Mais lidos

Compartilhe